header top bar

section content

Brasileira de 48 anos sofre estupro coletivo em Roma

A vítima foi violentada por três pessoas perto de estação

Por Priscila Belmont

05/10/2016 às 10h00 • atualizado em 05/10/2016 às 08h58

Agressões físicas movimentam a área policial de Sousa e Pombal nesse fim de semana (Foto: Ilustrativa)

Uma cidadã brasileira de 48 anos foi violentada sexualmente por três pessoas em um barraco perto da estação Tuscolana, na periferia de Roma, capital da Itália.

O caso ocorreu no último dia 25 de setembro, mas foi divulgado apenas nesta segunda-feira (3), após a polícia ter prendido os suspeitos: um argelino de 27 anos, um tunisiano de 31 e uma romena de 23, namorada de um dos dois homens.

A brasileira havia dado entrada no pronto socorro em estado grave, alegando ter sido espancada, sequestrada e violentada pelo grupo por se recusar a fazer sexo com os homens. Com as mãos algemadas atrás das costas, ela foi estuprada até desmaiar.

Quando acordou, descalça e sangrando, percebeu que os criminosos dormiam e escapou. Os três suspeitos também são acusados de terem roubado um cidadão tunisiano na mesma região de Roma. (ANSA)

Noticias ao Minuto

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano