header top bar

section content

Mulher filma e posta nas redes sociais sua empregada caindo da janela e não ajuda; vídeo causou revolta e mulher acabou detida pela Polícia

Vítima sobreviveu à queda, enquanto a empregadora foi detida pela polícia

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/04/2017 às 15h11 • atualizado em 05/04/2017 às 09h16

Etíope cai do sétimo andar (Foto: Reprodução/Youtube)

Uma mulher causou revolta nas redes sociais ao filmar – e postar – um vídeo de sua empregada doméstica etíope caindo do sétimo andar, em vez de ajudá-la. A vítima sobreviveu à queda, enquanto a empregadora foi detida pela polícia do país.

O vídeo de 12 segundos mostra a etíope pendurada na janela com uma mão, gritando por ajuda (“me segure, me segure!”), enquanto a autora do vídeo diz: “louca, volte pra dentro”. O vídeo exibe a etíope caindo em uma cobertura, que parece ter amortizado sua queda – ela quebrou o braço e teve outros machucados.

De acordo com a autora do vídeo, essa foi a maneira que encontrou de se defender contra uma acusação de assassinato.

A ONG Kuwait Society for Human Rights declarou que a empregadora tinha o dever de tentar resgatar a empregada. De acordo com a entidade, o código penal do país determina que deixar de ajudar uma pessoa em perigo pode causar até três meses de prisão.

O assunto virou trending topics no Twitter. Os usuários dividiram-se entre os que apoiaram a autora do vídeo por não ter colocado a própria vida em risco e os que a acusaram de nem mesmo ter chorado após a queda da etíope.

Veja

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo