header top bar

section content

Jovem fica cega e com rosto desfigurado após pintar o cabelo com tintura; ela quase morreu

Ela foi hospitalizada pela segunda vez por pintar o cabelo com o mesmo produto

Por

21/10/2015 às 07h45

A jovem quase morreu por conta de uma tintura (Foto: Reprodução/DailyMail)

A jovem de 18 anos, ficou temporariamente cega e com o rosto desfigurado por causa de uma reação alérgica à tintura de cabelo. De acordo com as informações, esta é a segunda vez que ela foi hospitalizada por causa da coloração.  

— Sempre que meu rosto inchava eu não conseguia enxergar. Eu me sentia o Frankestein.

Tudo começou em 2012, quando a menina de 15 anos decidiu tingir o cabelo para a festa de uma amiga. Na manhã seguinte, o rosto estava inchado a ponto de um dos olhos até ficar fechado.  

— Eu tomei um susto quando me olhei no espelho. Gritei chamando a minha mãe e ela ficou assustada com o meu rosto.

A mãe a levou rapidamente ao hospital.  

— Eu estava com muita dor no rosto, e a pressão na minha cabeça era enorme.

O inchaço permaneceu no rosto de Dinya por três semanas, e ela ficou outros três anos sem usar a tintura, por medo da reação.

Mas em janeiro deste ano, ela decidiu tingir o cabelo novamente, e a reação foi ainda pior. Seu rosto ficou três vezes maior que o normal e a dor era insuportável.

— Eu me olhava no espelho e só conseguia chorar. Me sentia um monstro.

De acordo com os médicos, se ela tivesse demorado mais tempo para chegar ao hospital, os efeitos da reação alérgica poderiam ser fatais.  

— Eu deveria der ouvido a minha mãe e não ter pintado o cabelo de novo. Hoje tenho sorte de estar viva.

R7

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória