header top bar

section content

Lojas da Apple no Brasil têm homenagens e fãs se dizem "gratos"

Imagem de Steve Jobs foi colocada em telas; fã deixou flor no local. Brasileiros admir

Por

06/10/2011 às 17h17

Loja
Loja da Apple do Shopping Paulista colocou foto de Steve Jobs em uma tela (Foto: Gustavo Petró/G1)
 
 

Embora mais discretas do que nos Estados Unidos, lojas e revendedoras de produtos da Apple em São Paulo tiveram homenagens a Steve Jobs nesta quinta-feira (6). A imagem do fundador da Apple estava estampada em telas de destaque do local, funcionários colaram post-its coloridos (alguns com mensagens), e um cliente chegou a colocar uma rosa ao lado de um computador da marca.

"Ele é o [Leonardo] Da Vinci pelo seu gênio inventivo", disse o advogado Douglas Giovaninni. "É uma perda inestimável. O que temos hoje de tecnologia moderna é por conta dele e tem uma simplicidade e interatividade. Era fã da pessoa e da capacidade dele de criar". Ele contou  que sempre passa na loja da Apple do Shopping Paulista, na região da Av. Paulista, para olhar os produtos e acredita que eles não mudarão após a morte de Jobs. "Ele deixou sementes bem plantadas e a Apple continua com o astral dele. O mundo sempre perde uma pessoa e aparecem outros, é o processo evolutivo".

O casal Alexandrina e Ricardo Veloci procuravam um iPad para a filha de 9 anos para o dia das crianças na loja, concordam que Jobs é um ícone que fica para a história. "Meu filho de 15 anos saiu correndo do quarto para avisar da morte de Jobs e parecia que tinha acontecido um novo tsunami, que John Lennon tinha morrido", conta Alexandrina. "Ele era um visionário, uma perda", diz Ricardo. Em casa, eles contam que usam bastante o iPhone em casa. "Fica difícil controlar o tempo de uso", brinca Veloci.

No local, logo após o meio-dia, funcionários começaram a colocar post-its na vitrine em homenagem a Jobs, acompanhando o tributo feito por algumas lojas Apple Store nos Estados Unidos. Mais cedo, um cliente colocou uma flor ao lado de um MacBook e outro pediu ao gerente da loja que fosse feito um minuto de silêncio.

Funcionário
Funcionário de loja da Apple coloca post-its, homenagem feita para Jobs em outros lugares do mundo (Foto: Gustavo Petró/G1)
 
 

Na loja da Apple que fica no Shopping Iguatemi, na Zona Oeste de São Paulo, o fundador da empresa era homenageado com sua foto em uma das telas em destaque da loja, acompanhada de seus anos de nascimento e morte. Clientes lamentaram a morte, mas disseram que não foram pegos de surpresa. “Já sabia que ele estava mal desde quando ele passou o comando da empresa. Era uma pessoa admirável, é impressionante tudo o que ele fez. Tomara que a Apple mantenha viva a chama”, disse o hoteleiro Marc Balanger, de 41 anos, fã da marca e dono de vários produtos. “Comecei a usar pela minha esposa, que adora. Hoje não vivo sem.”

O motorista Israel Pinheiro, de 44 anos, foi até a loja nesta manhã para buscar uma encomenda. “É lamentável, o cara era um gênio. Mas a obra continua, pois acho que ele dividia o que sabia. Ele tomou a dianteira, mas tinha outras pessoas que davam suporte. Por isso que acho que a empresa vai seguir bem.”

O advogado Joelcio Tonera, de 36 anos, se disse sem intimidade com a tecnologia – ele entrou na loja para ver os produtos e disse que estuda comprar um iPhone –, mas disse admirar a forma como Jobs conduziu sua carreira. “Ele tinha deixado a empresa justamente por conta da doença. Ele lutou tanto para voltar para o comando da Apple, então abandonar para abandonar a empresa precisava ser algo muito grave. Ele realmente tomou a decisão certa para que a marca possa seguir sem ele”, afirmou.

Loja
Loja da Apple no Shopping Iguatemi colocou imagem de Jobs em tela (Foto: Juliana Cardilli/G1)
 

Em uma livraria que também vende os aparelhos da Apple, a médica Mariana Palladini, 40 anos, que disse ter diversos produtos da empresa e que usa o iPad nas consultas, espera que os produtos da empresa não mudem com a ausência de Steve Jobs. "Acho que eles [a Apple] já estavam preocupados com a morte e que não vão mudar a garra que ele tinha, continuando a lançar produtos cada vez melhores em memória dele". Ela atribui ao cofundador da Apple a facilidade de usar os aparelhos. "É rápido, em poucos segundos ligo o meu iPad e navego com facilidade e consigo o que pretendo por conta da interface".

Maicon
Maicon Andrade gosta que a Apple colocou a
internet no bolso Foto: Gustavo Petró/G1

 

"O que mais gosto na Apple é que ela colocou a internet no bolso", opina  o economista Maicon Andrade, de 24 anos, que olhava um iPad em uma loja de eletrônicos na Av. Paulista. "A qualidade do produto é alta e temos a sensação de que a Apple está sempre na frente da gente". Ele comenta que não fez uma homenagem pública, apenas colocará no Facebook uma imagem com o logotipo da companhia. Sobre Jobs, ele acredita que ninguém o substituirá; "vai ser difícil aparecer outro com uma visão diferenciada. Teremos desfalque neste ponto".

O
O designer Marcelo Araújo não desgruda do iPhone
(Foto: Gustavo Petró/G1)

 

Na mesma loja, o designer Marcelo Araújo, de 48 anos, estava comprando um iPad nesta quinta-feira (6), mas "não foi em homenagem", brinca. "Estava desde semana passada planejando a compra pela facilidade do produto para poder levá-lo para clientes". Ele disse que Jobs foi um ícone, que associou tecnologia de ponta com design. "Você quer trabalhar com um computador, mas não precisa trabalhar com um caixote. Ele foi visionário em ver isso e levar para o consumidor".

Ele dá aula de inclusão digital para a terceira idade usando PCs e considera "um crime" eles serem complicados. "Toda hora tem que atualizar algo, sempre dá problema, coisas que você não vê em um produto da Apple".

Funcionários
Funcionários de loja da Apple no Shopping Paulista colam post-its na vitrine (Foto: Gustavo Petró/G1)
 

 
 
 

G1

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia