header top bar

section content

Governador Maranhão e a Prefeita Geane visitam local das enchente em Uiraúna

O Governado constatou a seriedade do problema e observou a necessidade do alargamento do canal, mas para isso o estado precisa buscar recursos junto ao governo federal para realização da obra.

Por

27/04/2009 às 12h44

O governador da Paraíba, José Maranhão, esteve visitando nesse domingo(26) as cidades do Sertão que foram atingidas pelas enchentes causadas pelas chuvas nos últimos dias.

Ele chegou de helicóptero em Uiraúna e por volta das 13h00 pousou no estádio O Maurilhão em Uiraúna.

José Maranhão foi recebido pela prefeita Glória Geane, pela vice-prefeita Benilda Santiago e pelo ex-prefeito Bosco Fernandes. Após a recepção o ao lado do deputado federal Wilson Santiago e do deputado Jeová Campos, a comitiva seguiu para o centro da cidade onde visitou o local da cheia no Canal São José, que transbordou com a sangria do açude do Arrojado, que pelo segundo ano consecutivo, alagando o centro da cidade.

O Governado, o deputado Wilson Santiago e da prefeita de Uiraúna, Glória Geane, constataram a seriedade do problema e observaram a necessidade do alargamento do canal, mas para isso o estado precisa buscar recursos junto ao governo federal para realização da obra.

A prefeita Geane, acredita que a visita de Maranhão é um sinal do interesse que o governo tem quanto ao problema da enchente em Uiraúna. Ela acredita também que a presença do deputado federal Wilson Santiago serve de base para conseguir recursos para realização de uma obra que resolva definitivamente o problema.

Da Redação do Diário do Sertão
Com COFEMAC

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula