header top bar

section content

Agricultores começaram a receber Garantia Safra

Começou nesta quinta-feira (16), o pagamento das duas primeiras parcelas do Programa Garantia-Safra, aos agricultores e agricultoras que perderam mais de 50% de sua produção na safra 2007/2008. Na Paraíba, cerca de 22.900 beneficiários receberão o valor de R$ 550, que será pago em quatro parcelas. E agora no mês de abril, os agricultores receberão […]

Por

17/04/2009 às 00h40

Começou nesta quinta-feira (16), o pagamento das duas primeiras parcelas do Programa Garantia-Safra, aos agricultores e agricultoras que perderam mais de 50% de sua produção na safra 2007/2008. Na Paraíba, cerca de 22.900 beneficiários receberão o valor de R$ 550, que será pago em quatro parcelas. E agora no mês de abril, os agricultores receberão duas parcelas de uma só vez, no caso R$ 220. As outras três parcelas de R$ 110, serão pagas nos meses de maio, junho e julho. O pagamento das parcelas será realizado sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês. A novidade é que esse será o primeiro lote pago a agricultores que tiveram perdas relacionadas às enchentes.

Dos cento e quarenta e oito municípios que aderiram ao Programa, em apenas quarenta e três, os agricultores receberão o benefício: Água Branca, Amparo, Aparecida, Barra de Santa Rosa, Bom Sucesso, Brejo do Cruz, Cachoeira dos Índios, Cajazeirinhas, Campina Grande, Coremas, Jericó, Juru, Lagoa, Livramento, Malta, Manaíra, Mato Grosso, Monte Horebe, Nazarezinho, Passagem, Picuí, Pombal, Prata, Riacho dos Cavalos, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Luzia, São Bento, São Francisco, São João do Rio do Peixe, São José da Lagoa Tapada, São José de Espinharas, São José do Brejo do Cruz, São José do Sabugi, São José dos Cordeiros, Seridó, Soledade, Sousa, Tavares, Tenório, Triunfo, Uiraúna e Vista Serrana.

O presidente da FETAG, Liberalino Ferreira de Lucena, explica que desde a divulgação da lista de pagamento, no início do mês de março, a entidade tem acionado os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR’s) e instituições, como as coordenações estadual e nacional do Garantia Safra, Defesa Civil e Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para detectar quais as pendências que deixaram os 105 municípios que haviam aderido, de fora da relação. “Enquanto representante legal do público em questão, a FETAG vem buscando junto às instituições competentes, todos os meios possíveis para reverter os casos passíveis de resolução”, destacou a liderança.

Da Redação do Diário do Sertão

Tags:
PRIVILÉGIOS JURÍDICOS

VÍDEO: A lei é igual para todos? Programa Xeque-Mate discute foro privilegiado com promotor e advogado

FIM DE SEMANA

Cia de teatro arte tramática apresenta “As Malditas” no Teatro Ica em Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o preparador físico do Atlético de Cajazeiras Ivanildo Dunga; Confira!

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Mensagem de Esperança com Dimas Andriola e Sara Samirys