header top bar

section content

Professores concursados de filosofia e sociologia cobram convocações ao governo

Segundo informações extra-oficiais, estão sendo contratados profesores de filosofia e sociologia temporariamente, enquanto que os concursados estão aguardando a convocação.

Por

17/04/2009 às 00h19

Como se não bastasSe a falta de profesores em algumas escolas da rede estadual de ensino, o governo está deixando de convocar professores concursados de filosofia e sociologia, aprovados em concurso público realizado estado.

A denuncia partiu de professores concursados em Cajazeiras. Segundo o professor universitário Cássio Rogério, vários profissionais aprovados no concurso pomovido pelo governo do estado, estão buscando uma explicação do secretário de educação do estado, Sales Gaudêcio, do porque da não convocação, já que é uma determinação da nova legislação educacional, a existência na grade curricular, das disciplinas de filosofia e sociologia.

Foram aprovados 252 professor de Sociologia e 252 professor de Filosofia.

Os aprovados foram convocados para apresentarem seus respectivos títulos para avaliação nos dias 3 e 4 de fevereiro, para ingresso no cargo de professor de educação básica 3 da carreira do Magistério Estadual.

O resultado provisório da Avaliação de Títulos deveria ter sido publicado no Diário Oficial do Estado da Paraíba e divulgado na Internet, no endereço eletrônico no dia 16 de fevereiro só que com a cassação do ex-governador Cássio Cunha Lima, o processo de avaliação foi paralisado e até agora se espera uma definição.

Um fato está chamando a atenção dos concursados e está levando os profissionais a procurarem o Ministério Público Estadual. Segundo informações extra-oficiais, estão sendo contratados profesores de filosofia e sociologia temporariamente, enquanto que os concursados estão aguardando a convocação.

Deverão ser contempladas com os professores de Filosofia e Sociologia escolas estaduais em todos os 223 municípios.

O concurso para professores das disciplinas de Sociologia e Filosofia da rede estadual de ensino, aconteceu no dia 11 de janeiro. Foram oferecidas 504 vagas sendo 252 vagas para cada uma das disciplinas. As duas disciplinas serão incluídas na grade curricular do Ensino Médio a partir deste ano de acordo com determinação do Conselho Estadual de Educação.

As provas foram realizadas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos. O concurso compreendeu exames de habilidades e conhecimentos mediante aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório e avaliação de títulos de caráter apenas classificatório sob a responsabilidade do CESPE/UnB.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!