header top bar

section content

Missão chinesa descobre jazidas de ferro no município de Cajazeiras

O prefeito Léo Abreu está entusiasmado com a noticia, e aguarda a chegada da missão chinesa, que tem planos robustos de exploração de minério de ferro em Cajazeiras.

Por

16/03/2009 às 10h46

O município de Cajazeiras distante 483 km da capital do estado, após ser anunciada a cidade que mais cresce no interior paraibano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), recebe mais uma boa noticia, que impulsionará ainda mais o desenvolvimento regional. Um missão chinesa no Brasil descobriu a existência de jazidas de ferro e vários outros minérios na cidade, através de estudos técnicos desenvolvidos há vários anos e só agora divulgado.

Um grupo de empresários chineses foi recebido pelo governador José Maranhão na ultima semana apresentando um “ mapa de mineralogia” do estado. O empresários estarão visitando a cidade de Cajazeiras nesta terça-feira(17), onde serão recebidos pelo prefeito Léo Abreu para apresentação do mapa de exploração dos minérios encontrados no município.

Segundo informações do ex-prefeito Antonio Quirino de Moura, no mapa consta a existência de ferro e vários outros minérios que deverão ser explorados pelas empresas chinesas.

O prefeito Léo Abreu está entusiasmado com a noticia, e aguarda a chegada da missão chinesa, que tem planos robustos de exploração de minério de ferro em Cajazeiras.

A possível descoberta já rende expectativas na população. Segundo informações preliminares, as jazidas foram descobertas há vários anos, tendo sido mantido um silêncio sobre a existência e o tamanho das reservas existentes no município, como estratégia de exploração, o chamado período de silêncio, determinado pela Comissão de Valores Mobiliários para as empresas que pretendem ingressar na Bolsa de Valores.

‘‘O que posso dizer é que estará se desenvolvendo pesquisas em busca de novas reservas e áreas, mas só após a visita do grupo de empresários chineses a Cajazeiras é que termos uma posição mais concreta da dimensão destas jazidas e quais ous outros minérios encontrados em nosso município” afirmou Antonio Quirino.

“Posso dizer que o item que mais pesa para o projeto é o minério de ferro, sem dúvida’’, disse. Ele observou que executivos, apresentaram ao governo os planos de expansão e os investimentos em logística que seriam necessários para dar suporte ao crescimento. O projeto incluiria a construção de um minerioduto integrado a uma ferrovia.

‘‘Eles nos disseram que tinham esse projeto e interesse de desenvolvê-lo junto com o governo. Se por acaso o governo não tivesse recursos eles teriam condições de fazer por conta própria, demonstrando segurança e determinação em implantá-lo. Mas uma parceria com eles seria muito importante. Esperamos que os estudos, quando concluídos, possam se complementar’’, frisou Quirino, acrescentando que, uma vez concluídos os levantamentos, a expectativa é que as partes se reúnam para discutir mais uma vez os projetos. ‘‘Qualquer reserva que a empresa conseguir confirmar só reforça a viabilidade disso’’, disse ainda.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!