header top bar

section content

Cássio inaugura Adutora Capivara e assina convênio

Em Uiraúna, o governador Cássio Cunha Lima irá inaugurar o trecho da Adutora Capivara que beneficia o município e que custou aos cofres do Estado a quantia de R$ 34.544.883,06. A obra beneficia os seguintes municípios e comunidades: Uiraúna, Vieirópolis, Lastro, São Francisco, Santa Cruz, Poço José de Moura, Santarém, Poço Dantas, Bernardino Batista, Quixaba, […]

Por

14/02/2009 às 11h09

Em Uiraúna, o governador Cássio Cunha Lima irá inaugurar o trecho da Adutora Capivara que beneficia o município e que custou aos cofres do Estado a quantia de R$ 34.544.883,06. A obra beneficia os seguintes municípios e comunidades: Uiraúna, Vieirópolis, Lastro, São Francisco, Santa Cruz, Poço José de Moura, Santarém, Poço Dantas, Bernardino Batista, Quixaba, Lajes, Várzea de Carnaúba, São Pedro, Saco, Areia e Queimadas.

Na mesma solenidade ele assina vários outros atos administrativos que beneficiarão inúmeras outras cidades da região com recursos que financiarão a construção de 50 cisternas em Triunfo e de creche em São João do Rio do Peixe, e ainda de um palco na Praça de Eventos de Bernardino Batista. Também serão executados projetos de pavimentação em paralelepípedo em Uiraúna.

Em Sousa, além da assinatura de convênio para asfaltamento de ruas daquela cidade, serão formalizados atos administrativos que vão garantir verba para construção de posto de saúde em Aparecida e em Monte Horebe; para pavimentação em São Francisco e em Marizópolis, e para construção de matadouro em Pombal.

Fonte: Secom/PB

Tags:
VÍDEO

Coordenador da Energisa garante melhoria e dá dicas sobre ‘queda’ de raios durante o período de inverno

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”