header top bar

section content

Cássio avalia reunião com Lula como positiva

A reunião foi norteada por quatro eixos, sendo eles: a gratuidade e democratização da certidão de nascimento, a melhora das políticas de agricultura familiar...

Por

29/01/2009 às 00h23

A reunião dos governadores com o presidente Lula no fim da tarde desta quarta-feira(28) em Brasília foi avaliada pelo governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), como bastante positiva, onde o tucano esclareceu que de um montante de R$ 570 milhões para programas na área de educação em todo Brasil, o Estado ficará com R$ 41 milhões.

Estes recursos serão geridos, em uma parceria entre o governo dos estados e o Ministério da Educação.

A reunião foi norteada por quatro eixos, sendo eles: a gratuidade e democratização da certidão de nascimento, a melhora das políticas de agricultura familiar, o combate ao analfabetismo infantil e a redução nos números da mortalidade infantil.

“Nós tivemos uma reunião bastante produtiva, onde o presidente ouviu nossas ponderações atentamente”, comentou Cássio.

Cássio disse ainda que a proposta de redução de impostos para combater os efeitos da crise econômica mundial é “um remédio que pode se transformar em veneno” e citou diretamente a redução na cobrança do IPI.

Durante o encontro, Cássio lembrou ao presidente Lula que as obras de duplicação da BR 230 já foram concluídas e foi orientado pelo chefe do Executivo nacional a aguardar o agendamento da inauguração por parte da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef.

Ao longo desta quarta-feira (28), várias reuniões organizadas pela Secretaria das Relações Institucionais da Presidência da República concentraram as atenções de ministros da área social e governadores do Nordeste e da Amazônia Legal. Na rodada de encontros de trabalho entre os representantes do governo federal e dos estados, o tema da redução das desigualdades sociais entre as regiões foi o principal ponto de debate e de elaboração de estratégias conjuntas.

Além de Cássio Cunha Lima, participam da reunião os outros governadores do Nordeste – Alagoas, Bahia, Ceará, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, além dos representantes da região Norte, no caso Amazônia Legal – Amazonas, Amapá, Acre, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Ficou acertado na reunião, realizada no Palácio da Planalto e que contou com a participação de 17 governadores , que em março deste ano haverá o lançamento de pactos, com metas, nas cinco regiões do Brasil, para acelerar a redução de desigualdades sociais no país. O encontro foi aberto pelo ministro José Múcio, das Relações Institucionais. A ministra Dilma Rousseff, da Casa Civil, avaliou o andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC.

Da redação do Diário do Sertão
Com ClickPB

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!