header top bar

section content

Cássio avalia reunião com Lula como positiva

A reunião foi norteada por quatro eixos, sendo eles: a gratuidade e democratização da certidão de nascimento, a melhora das políticas de agricultura familiar...

Por

29/01/2009 às 00h23

A reunião dos governadores com o presidente Lula no fim da tarde desta quarta-feira(28) em Brasília foi avaliada pelo governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), como bastante positiva, onde o tucano esclareceu que de um montante de R$ 570 milhões para programas na área de educação em todo Brasil, o Estado ficará com R$ 41 milhões.

Estes recursos serão geridos, em uma parceria entre o governo dos estados e o Ministério da Educação.

A reunião foi norteada por quatro eixos, sendo eles: a gratuidade e democratização da certidão de nascimento, a melhora das políticas de agricultura familiar, o combate ao analfabetismo infantil e a redução nos números da mortalidade infantil.

“Nós tivemos uma reunião bastante produtiva, onde o presidente ouviu nossas ponderações atentamente”, comentou Cássio.

Cássio disse ainda que a proposta de redução de impostos para combater os efeitos da crise econômica mundial é “um remédio que pode se transformar em veneno” e citou diretamente a redução na cobrança do IPI.

Durante o encontro, Cássio lembrou ao presidente Lula que as obras de duplicação da BR 230 já foram concluídas e foi orientado pelo chefe do Executivo nacional a aguardar o agendamento da inauguração por parte da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef.

Ao longo desta quarta-feira (28), várias reuniões organizadas pela Secretaria das Relações Institucionais da Presidência da República concentraram as atenções de ministros da área social e governadores do Nordeste e da Amazônia Legal. Na rodada de encontros de trabalho entre os representantes do governo federal e dos estados, o tema da redução das desigualdades sociais entre as regiões foi o principal ponto de debate e de elaboração de estratégias conjuntas.

Além de Cássio Cunha Lima, participam da reunião os outros governadores do Nordeste – Alagoas, Bahia, Ceará, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, além dos representantes da região Norte, no caso Amazônia Legal – Amazonas, Amapá, Acre, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Ficou acertado na reunião, realizada no Palácio da Planalto e que contou com a participação de 17 governadores , que em março deste ano haverá o lançamento de pactos, com metas, nas cinco regiões do Brasil, para acelerar a redução de desigualdades sociais no país. O encontro foi aberto pelo ministro José Múcio, das Relações Institucionais. A ministra Dilma Rousseff, da Casa Civil, avaliou o andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC.

Da redação do Diário do Sertão
Com ClickPB

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada