header top bar

section content

Detentos queimam colchões e fazem motim em presídio da Paraíba

O tumulto começou por volta das 20h (horário local). Apesar da tentativa de negociação, houve confronto.

Por

15/01/2016 às 08h24

Detentos queimam colchões e fazem motim em presídio da Paraíba

Vários detentos se envolveram em um tumulto dentro do pavilhão 1 do Presídio Raymundo Asfora, conhecido como Serrotão, na noite da quinta-feira (14) em Campina Grande. Os presos queimaram colchões e entraram em confronto com agentes penitenciários.

Segundo o diretor do presídio, Delmiro Nóbrega, os detentos se rebelaram porque durante a tarde foi feita uma revista no pavilhão onde foram apreendidos 20 celulares, carregadores, uma faca, espetos e cerca de 37 gramas de maconha. "Eles não gostaram e fizeram a retaliação", disse.

O tumulto começou por volta das 20h (horário local). Apesar da tentativa de negociação, houve confronto. Agentes disparavam balas de borracha para dispersão e os presos revidavam com pedras. Aproximadamente duas horas depois, os detentos foram deixando o pavilhão aos poucos e o motim foi finalizado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou o fogo. Alguns presos tiveram problemas respiratórios e tiveram que ser atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas nenhum precisou ser levado para o hospital.

Do G1PB

Tags:
EX-REITOR DA UFCG

VÍDEO: Thompson Mariz quer Ricardo no Senado e confirma João Azevedo para governador: “Não tem plano B”

VÍDEO

Coordenador da Energisa garante melhoria e dá dicas sobre ‘queda’ de raios durante o período de inverno

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!