header top bar

section content

OAB: Advogadas entregam carta de reivindicações ao candidato Carlos Frederico

Entre as propostas apresentadas, destacam-se a realização, pela Seccional, de uma Conferência Estadual da Mulher Advogada, anualmente

Por

27/10/2015 às 20h30

Advogadas entregam carta de reivindicações

Uma carta, com uma série de reivindicações das mulheres advogadas paraibanas, foi entregue nesta terça-feira à tarde, no Fórum Cível, ao advogado Carlos Frederico Nóbrega Farias, candidato à presidência da OAB-PB. Mais de 100 mulheres estiveram presentes à entrega do documento.

Entre as propostas apresentadas, destacam-se a realização, pela Seccional, de uma Conferência Estadual da Mulher Advogada, anualmente; a instalação dos parlatórios nos presídios femininos, de forma a assegurar o direito ao contraditório e a ampla defesa das mulheres encarceradas; o fomento da política de denúncia anônima junto à Ouvidoria da Seccional, quanto a práticas de comportamentos, palavras, gestos ou atitudes que caracterizem assédio moral ou sexual, praticadas por autoridades de carreira jurídica ou serventuários da Justiça.

Carlos Frederico lembrou que seu compromisso com as mulheres não se revela agora, enquanto candidato. “Enquanto conselheiro federal, lutei pela cota mínima de 30% de participação de mulheres na chapa e fui um dos protagonistas do plano de valorização da mulher advogada”, disse ele, destacando que defende uma participação ativa e especial da mulher no comando da OAB. “Não entregamos um cargo qualquer às mulheres, só para dizer que as apoiamos. Nós temos como vice a advogada Anastácia Gondim e, para nós, é um orgulho tê-la como companheira de chapa”.

ASCOM

Tags:
ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo