header top bar

section content

Confusão! Professor compra celular por um real na Paraíba e caso vai parar na delegacia

Na cidade de Guarabira, propaganda feita de maneira errada deu a cliente direito de compra um celular acompanhado de um chip por apenas R$ 1

Por

27/01/2015 às 14h09

Professor tenta comprar celulares por um real cada. Foto Reprodução/Gadoo

Um cartaz de uma loja que oferecia a tentadora promoção de comprar um chip de celular por apenas R$ 1, e ainda ter direito a um aparelho sem adição de outros custos, causou enorme polêmica na cidade de Guarabira na Paraíba.

Após reivindicar seu direto, o consumidor Aurélio Damião, foi acusado de “aproveitador” e o caso vai parar na delegacia.

Com o desejo de usufruir do benefício dado por uma loja de eletrodomésticos – benefício de vender um chip de celular junto do aparelho por apenas R$ 1 – o professor Aurélio saiu do seu trabalho e se dirigiu à loja no centro da cidade de Guarabira.

Propaganda feita de maneira errada deu a cliente Aurélio Damião direito de compara um celular acompanhado de um chip por apenas R$ 1.

Ele possuía R$ 4 em sua carteira e pretendia comprar 4 celulares com os respectivos chips, mas contou que ao chegar na loja, uma das vendedoras o informou que o cartaz estava escrito de forma errada e que a promoção correta daria direito a um chip pelo valor de R$ 1 após a compra de um aparelho.

Veja Foto Reprodução do cartaz:

O anúncio dizia:

– Oferta Imperdível, Chip Vivo R$ 1,00 com aparelho!

O professor contou que ainda passou pela desconfortável situação de ser chamado de “aproveitador” pelo gerente da loja.

Diante do impasse em fazer valer seu direto, Damião chamou a polícia.

A campanha se encaixa no que o artigo 37 do Código de Defesa do Consumidor considera como propaganda enganosa, e o delegado explicou que o caso seria encaminhado ao juizado de pequenas causas.

O gerente propôs ao professor um acordo, informando que o mesmo poderia levar um celular, mas ele resistiu e queria quatro aparelhos.

“O gerente me ofereceu um celular e eu disse queria quatro, mas ele explicou que teria que tirar do ‘próprio bolso’ e eu me ressenti”, contou Aurélio, que por fim, aceitou ficar com apenas um dos aparelhos.

Depois de ter aceitado a oferta do gerente, ele foi isento de pagar pelo valor da promoção, embora quisesse.

DIÁRIO DO SERTÃO com R7 e Solaneaonline

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan