header top bar

section content

Secretário de Estado da Saúde participa de audiência na Assembleia Legislativa

A sessão especial começou com o secretário fazendo uma explanação dos benefícios, a partir da gestão pactuada.

Por

08/05/2014 às 16h33

Secretário de Saúde participa de sessão na AL

Nesta quarta-feira (7), o secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, esteve na Assembleia Legislativa para falar sobre o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, administrado por gestão pactuada entre o Governo do Estado e a Cruz Vermelha. O secretário apresentou números comprovando que os gastos no Trauma, antes da gestão pactuada, eram de aproximadamente R$ 10 milhões, quase o mesmo valor pago hoje, apesar do grande aumento dos serviços.

“Em 2010 o custeio total do Trauma era de R$ 9.078.047. Em 2011, quando a Cruz Vermelha foi contratada, por se tratar de uma empresa que atendia os pré-requisitos exigidos, passou para R$ 8.572.819,86, apesar do aumento na oferta de serviços, o que gerou uma economia mensal de R$ 505.227,18 e anual de R$ 6.062.726,12”, explicou.

A sessão especial começou com o secretário fazendo uma explanação dos benefícios, a partir da gestão pactuada. O gestor mostrou também, por meio de fotos, a situação do hospital antes da pactuação. “Quando assumimos a Secretaria de Estado da Saúde, em 2011, o Trauma vivia em situação de calamidade com médicos ameaçando demissão coletiva; pacientes em macas pelos corredores com a Justiça determinando a transferência, além de outros problemas seríssimos”, disse o secretário.

O secretário mostrou que em 2012, após a gestão pactuada, houve aumento em 43,29% nas internações pediátricas; 35,80% nas internações clínicas; 33,40% em diagnóstico por radiologia e incremento de 32,50% em diagnóstico por Ultrassonografia no Hospital de Trauma.

“Outro ganho extremamente importante para a população foi o aumento no número de leitos. Em 2011 eram 172 e aumentamos para 330. Houve ainda a inauguração do Hospital de Traumatologia e Ortopedia (Htop), que funciona como retaguarda do Hospital de Trauma; foram reformados, adequados e climatizados diversos setores. Tudo isso gerando a satisfação do usuário. Em 2012, o percentual de satisfação foi de 86% e em 2013, 90%”, concluiu.

Logo após a explanação, o secretário respondeu aos questionamentos dos parlamentares sobre a unidade hospitalar.

O deputado Hervázio Bezerra conclamou os parlamentares a se unirem na busca de recursos federais para a saúde da Paraíba. “O que nós deputados deveríamos fazer era dar as mãos para ajudar a saúde do nosso Estado. Já sugeri várias vezes para formarmos uma comissão para ir até o Ministério da Saúde, mostrar a situação difícil da saúde, já que o governo tem que tirar recursos do Tesouro Estadual porque as verbas federais são poucas, mas, infelizmente, este debate não avança”, lamentou o deputado.

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena recebeu recentemente o certificado de Acreditação, emitido pela Organização Nacional de Acreditação – ONA. Com isso, a instituição passou a ser o primeiro hospital público da Paraíba e o quarto do Nordeste a receber o selo. O certificado, semelhante ao ISO, mas exclusivo das instituições de saúde, atesta a qualidade dos serviços prestados, garantindo maior transparência e eficiência no atendimento médico.

Secom

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na Tv recebe Everly Paloma e Forró Bom de Mexer de Ipaumirim- CE

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus com a participação dos membros da Igreja Assembléia de Deus Canaã