header top bar

section content

Sessão é marcada por debates sobre Hospital de Trauma e segurança pública

Na oportunidade, os parlamentares voltaram a debater sobre a gestão pactuada do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL), em JP.

Por

07/05/2014 às 15h42

Deputados discutem sobre Trauma

Os deputados ocuparam a tribuna do Plenário Deputado José Mariz, na sessão desta quarta-feira (7), da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), para discutir assuntos referentes à educação, segurança pública e saúde.
 
Na oportunidade, os parlamentares voltaram a debater sobre a gestão pactuada do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL), em João Pessoa.
 
Aníbal Marcolino (PEN) voltou a destacar sobre a gestão da Cruz Vermelha. "Pessoas envolvidas na administração da empresa são proprietárias de outra empresa, de nome Toesa Service, que presta serviço ao HETSHL e esteve envolvida em esquema de fraudes, aplicados na Secretaria Municipal de Saúde de Natal (RN), que culminou com a deflagração da Operação Assepsia, em junho de 2012", afirmou.
 
O líder do Governo, Hervázio Bezerra (PSB), defendeu o direito a defesa, que será expresso pelo secretário de Estado da Saúde, Waldson de Sousa, em audiência pública na tarde desta quarta-feira.
 
“Se dependesse de relatório, prefeito nenhum teria as contas aprovadas, se fosse pelos auditores, nenhum governador aprovaria as suas contas. É por isso que ele é preliminar, mas tudo na vida tem limites. Esse tipo de pré-julgamento é demais”, disse Hervázio Bezerra.
 
Adriano Galdino (PSB) afirmou que o prazo de defesa da Secretaria de Estado da Saúde se encerra no dia 11 deste mês. “Esse relatório vazou, mas o prazo da defesa ainda não se esgotou. Estive com o secretário [Waldson de Sousa] ontem e ele esclareceu este relatório item a item”.
 
Trócolli Júnior (PMDB) foi outro a abordar o tema da Gestão Pactuada. “Não é verdade que o Governo não teve condições de se defender. Essa auditoria especial de agora, que divulga o rombo de R$ 8,2 milhões só de uma empresa, a Secretaria também teve condições de defesa”, disse.  
 
Condições básicas

O vice-presidente da ALPB, Edmilson Soares (PEN), fez um apelo ao Governo do Estado para a reforma da Escola Estadual José Coelho, localizada no município de Barra de Santa Rosa. Segundo ele, os alunos estão assistindo aula em "instalações precárias, sem as condições básicas exigidas pelo Ministério da Educação (MEC)".
 
Aumento da violência
Toinho do Sopão (PEN) abordou em discurso o problema da violência e da falta de segurança pública no país. Ele citou atos criminosos ocorridos nos últimos dias, a exemplo da morte de torcedor que foi atingido por um vaso sanitário, em Recife (PE).
 
O problema da violência também foi o tema do discurso da deputada Daniella Ribeiro (PP). Ela lamentou a morte de Érica Vanessa de Sousa Lira, vítima de um disparo de arma de fogo, cuja autoria é atribuída ao seu namorado, José Itamar de Lima Montenegro Filho, durante discussão entre o casal.
 
A parlamentar afirmou que o caso era uma espécie de “tragédia anunciada”, devido ao acusado ser suspeito de agredir também ex-namoradas. “Só posso identificar tal coisa como pura e simples covardia. Um tipo especial de covardia, que faz com que certos homens, à falta de argumentos racionais que possam se impor por si só, recorrem à força como único argumento”, disse a deputada, que também elogiou o trabalho das forças policiais no caso.

Assessoria

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano