header top bar

section content

Vital coloca em votação projeto que prevê internação compulsória de dependentes de droga

Essa pauta da CCJ foi destaque na edição de sexta-feira (13), da Rádio Senado, onde entendem que o texto também aumenta a pena para os traficantes

Por

15/09/2013 às 23h10

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ) senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) destaca que a comissão deve colocar em votação na próxima quarta-feira (18), o projeto que prevê a internação compulsória de dependentes de drogas, especialmente os viciados em crack.

Essa pauta da CCJ foi destaque na edição de sexta-feira (13), da Rádio Senado, onde entendem que o texto também aumenta a pena para os traficantes e estabelece uma série de incentivos para inserir os ex-dependentes no mercado de trabalho.

Segundo Vital, o projeto altera o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas e prevê que o dependente químico seja internado para tratamento sem a sua autorização, a chamada internação compulsória. A medida poderá ser adotada a pedido da família ou do responsável legal, dependendo ainda de avaliação médica sobre o tipo de droga consumida e o padrão de uso pelo paciente, e será limitada a 90 dias, podendo ser interrompida pelo familiar que a solicitou. O texto também aumenta a pena mínima para traficantes de cinco anos para oito anos de prisão.

A proposta ainda estabelece uma série de incentivos para inserir ex-dependentes no mercado de trabalho, como a reserva de vagas no ensino tecnológico, a criação de cotas em contratos e obras públicas e o desconto nos impostos das empresas que contratarem ex-usuários. Para virar lei, o texto já analisado pela Câmara dos Deputados deve ser aprovado pelo Senado e sancionado pela presidência da República.

ASCOM

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview