header top bar

section content

Presidente da Unimed confessa que abafou rombo de R$ 47 milhões com medo da repercussão na imprensa

A Receita Federal autuou a Unimed em 30 de setembro por descumprimento do pagamento de Cofins. Ele não conseguiu explicar os motivos do rombo.

Por

05/12/2011 às 01h15

O saldo da Assembléia Geral da Unimed João Pessoa, realizada no fim de semana, aumentou mais ainda o suspense sobre a real situação financeira da cooperativa.

Durante as deliberações, o presidente da Unimed-JP, Aucélio Gusmão, revelou que “abafou” a multa de R$ 47 milhões imposta pela Receita Federal temendo a repercussão na imprensa.

Ele, porém, não conseguiu explicar porque também omitiu o rombo aos conselhos fiscal e de administração da cooperativa e escondeu a informação dos próprios cooperados, que irão pagar os débitos.

A Receita Federal autuou a Unimed em 30 de setembro por descumprimento do pagamento de Cofins, PIS e CSLL. Durante todo este tempo, Aucélio preferiu o silêncio.

MaisPB

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula