header top bar

section content

Suspeito de assaltos é morto após trocar tiros com a PM e irmão dele é preso ao ameaçar policial. Confira!

Ferido, o suspeito foi levado ao hospital da cidade, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade de saúde

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

21/02/2016 às 17h37 • atualizado em 21/02/2016 às 17h49

O homem ainda foi socorrido por uma viatura da PM, mas morreu no Hospital (foto: valedopianconoticias)

Um suspeito de assaltos e furtos morreu após trocar tiros com a Polícia Militar na manhã deste domingo (21), na cidade de Conceição, no Vale do Piancó. Na ocorrência, ele estava acompanhado de um comparsa, que conseguiu fugir. Horas depois, já durante a tarde, o irmão do homem que faleceu se dirigiu à base da PM da cidade e, ao ameaçar de morte um aspirante, acabou preso.

Segundo o cabo Júlio, o fato ocorreu após uma operação no sítio Porções. A ação investigava suspeitos por vários crimes que haviam sido denunciados pela população do município.

“A PM fez rondas nesse sábado (20) à noite e encontrou os dois suspeitos investigados. Ao verem os policiais, eles correram para o mato e conseguiram fugir. Na manhã deste domingo, foi feito um novo levantamento e 10 homens da PM se deslocaram ao local. Chegando lá, encontraram a dupla bebendo em um bar. Eles fugiram novamente, cruzaram um braço de açude com água pela cintura e, chegando ao outro lado, um deles atirou contra a polícia, que revidou e o atingiu no pescoço e no abdome”, contou Júlio, informando também que nenhum agente ficou ferido e que o outro investigado conseguiu fugir novamente para dentro de uma área de mato.

Homem morreu após se socorrido ao hospital (foto: WhatsApp)

Homem morreu após se socorrido ao hospital (foto: WhatsApp)

Ferido, o suspeito foi levado ao hospital da cidade, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade de saúde.

Revoltado com a situação, o irmão do morto resolveu confrontar a PM. “Ele fez ameaças de morte e partiu para cima de um policial, tendo que ser contido e detido imediatamente por desacato. Ele chegou a dizer que se fosse preciso ia até o inferno para matar o policial”, afirmou Júlio.

O detido foi conduzido à delegacia de Polícia Civil da cidade. Até as 16h30 deste domingo, o suspeito foragido não foi capturado.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações de Gustavo Medeiros

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares