header top bar

section content

FOTOS: Revolta e muita dor marcam sepultamento de empresário morto em assalto na região de Cajazeiras

Antônio Careca já tinha sido vítima de assaltos outras vezes. Era um dos comerciantes antigos e dono de uma loja de móveis e de uma Casa lotérica, no Centro comercial.

Por Luzia de Sousa

22/04/2016 às 09h42 • atualizado em 22/04/2016 às 09h54

Sepultamento de empresário morto na cidade de São José de Piranhas.

Amigos e familiares do comerciante, Antônio da Silva, 63 anos, conhecido por Antônio Careca, que faleceu vítima de latrocínio, nessa quarta-feira (20), foi sepultado em clima de muita emoção na manhã desta quinta-feira (21), no cemitério público de São José de Piranhas. O velório foi marcado pela tristeza e revolta dos amigos, que também são comerciantes na cidade.

Políticos também participaram da missa na igreja matriz e do cortejo. O filho, Flávio Amorim Alves, de 28 anos, que também foi ferido à bala durante a tentativa de assalto, mesmo abalado, participou da celebração.

Despedida do sertanejo ocorreu nessa quinta-feira

Despedida do sertanejo ocorreu nessa quinta

Segundo informações, Antônio Careca já tinha sido vítima de assaltos outras vezes. Era um dos comerciantes antigos da cidade e era dono de uma loja de móveis e de uma Casa lotérica, no Centro comercial da cidade.

Até a manhã de hoje as polícias Civil e Militar ainda não havia capturado os responsáveis pelo crime. Um grande efetivo do 6º Batalhão participou das buscas, ontem, em um matagal próximo da cidade, mas não obteve êxito.

Entenda o caso
O empresário Antônio Careca foi baleado durante tentativa de assalto, ontem, em São José de Piranhas. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu, por volta das 10h30. Outras duas pessoas que também ficaram feridas, entre elas o filho do empresário, Flávio Amorim Alves, de 28 anos, e o popular Walter Leite de Oliveira, conhecido por Galego de Xota, de 57 anos, que está internado em estado grave. O caso aconteceu por volta de 8h30, no meio da rua, no Centro da cidade.

Segundo informações, os bandidos chegaram para assaltar a vítima, que reagiu com uma arma de fogo. Os acusados reagiram e balearam ele na região da barriga e em outras duas partes do corpo, o filho Flávio foi atingido em uma das penas e o popular Galego de Xota também foi atingido, provavelmente por bala perdida.

Os feridos foram socorridos às pressas pelo Samu e levados para o hospital de São José de Piranhas, em seguida, transferidos para o Hospital Regional de Cajazeiras.

Logo em seguida, os infratores tomaram duas motos de populares, sendo um deles mototaxista e fugiram sem levar o dinheiro. Depois abandonaram as motocicletas em uma fazenda próxima da cidade e se embrenharam no mato.

Ainda de acordo com a 3ª Companhia de Polícia Militar, os envolvido provavelmente sejam da cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará. As câmeras do circuito interno da loja devem ajudar nas investigações

DIÁRIO DO SERTÃO com Radar Sertanejo

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares