header top bar

section content

Vereador nega denúncia de ‘Pedofilia’, revela que documento divulgado não existe no Conselho Tutelar e afirma que vai procurar Delegacia e Justiça

Jucinério informou que vai à Delegacia registrar Boletim de Ocorrência e em seguida acionará o judiciário. Confira aqui!

Por Luzia de Sousa

04/05/2016 às 15h31 • atualizado em 06/05/2016 às 17h33

Vereador Júcinério fez várias denúncias na tribuna

O vereador Jucinério Félix (PPS) se pronunciou nesta terça-feira (4), com exclusividade ao Diário do Sertão para contestar as acusações de ‘pedofilia’ feitas pela imprensa estadual (Portal MaisPB e PBAgora), embasadas em um documento supostamente encaminhado ao Conselho Tutelar do Município.

O documento divulgado pelos sites dá conta de um suposto abuso a um menor de 17 anos por parte do vereador de Cajazeiras. A suposta denúncia, anônima, teve o recebimento da conselheira Tutelar, Terezinha Carolino, em 2 de maio de 2016 (segunda-feira).

Veja também

Presidente do PPS nega intervenção e revela nome de possível vice em Cajazeiras. OUÇA!

PPS realiza congressos regionais em Pombal, Sousa e Cajazeiras

Jucinério descarta apoio do PPS a Denise e declara: “Partido vai ficar comigo” VÍDEO!

Jucinério Félix (PPS) negou a denúncia, procurou um advogado e foi até o Conselho Tutelar para tomar pé, porém, o órgão teria informado não existe denúncia contra ele. “Estou aqui no Conselho e não há registro de denúncia nenhuma. A conselheira Terezinha vai ter que responder”, assegurou Jucinério
De acordo com o vereador, a conselheira tutelar estava de folga no dia do recebimento da suposta denúncia e contestou o vazamento de algo tão grave, antes de notificar as partes envolvidas e expor as pessoas.

Jucinério informou que vai à Delegacia registrar Boletim de Ocorrência e em seguida acionará o judiciário.

“Vou processar todos os sites e rádios que divulgaram essa matéria. Ninguém tem conhecimento disso. Se a denúncia nem chegou ao Conselho como a imprensa já tomou conhecimento e de algo que deveria se sigiloso, se realmente existisse”, lamentou o vereador

O outro lado
A reportagem do Diário do Sertão tentou ouvir a conselheira que recebeu a denúncia, Terezinha Carolino, que resumiu sua fala na seguinte frase: “Não posso falar”.

Veja documento!

conselho-tutelar-denuncia

conselho-2

conselho-3

conselho-5

DIÁRIO DO SERTÃO

.

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan