header top bar

section content

Polícia fecha cassino de luxo em João Pessoa e cinco pessoas são presas

Polícia fecha cassino de luxo em João Pessoa e cinco pessoas são presas

Por Luzia de Sousa

09/05/2016 às 07h22

Polícia fecha cassino de luxo em João Pessoa e cinco pessoas são presas

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho investigativo realizado pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa, desarticulou na noite desse sábado (7) uma associação criminosa especializada na exploração de cassinos de luxo clandestinos. As investigações apontaram que o faturamento semanal do estabelecimento ilegal era em torno de R$ 10.000 e o local funcionava no Bairro de Quadramares, na Capital.

Para o titular da especializada, delegado Lucas Sá, o resultado da ação policial mostra a importante colaboração da população por meio do número 197- Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds). “Após receber várias informações da comunidade, conseguimos levantar o funcionamento do local clandestino e identificamos cinco pessoas que atuavam no estabelecimento. O cassino foi fechado e estava funcionando há pouco mais de um mês, era frequentado por um público selecionado, com poder aquisitivo considerável que costumava apostar a quantia de R$ 500 por pessoa. Foram apreendidas 32 máquinas caça-níquel e recolhida uma quantia de aproximadamente de R$ 8.500”, relatou a autoridade policial.

Em razão de suas condutas, os suspeitos responderão por crime contra a economia popular, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Eles foram presos em flagrante e encaminhados para depoimento na Delegacia de Defraudações, onde ficarão à disposição das decisões Judiciais. A DDF orienta a população que denúncias podem ser realizadas por meio do número 197- Disque Denúncia. A ligação é gratuita e o sigilo da fonte é garantido.

Secom

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis