header top bar

section content

Homem embriagado é preso após praticar desordem e danificar viatura da PM no Sertão da PB

Os policiais ao chegarem ao local constataram o fato.

Por Luzia de Sousa

21/06/2016 às 17h21

Homem foi preso em São Bento

Um homem foi preso acusado de praticar desordem, resistir a prisão e danificar viatura da Polícia Militar na tarde deste domingo (19), na cidade de São Bento, no sertão da Paraíba.

Segundo informações da Polícia, o efetivo policial foi acionado por populares onde informaram que o acusado estava embriagado e praticando desordem na residência de sua genitora, Maria Félix da Silva, localizada no bairro Colina do Sul, em São Bento.

Veja também: 

Cajazeirense que sofre de transtorno mental passa por cirurgia no ânus e revela estupro

Os policiais ao chegarem ao local constataram o fato. O acusado identificado como José Neto Alves da Silva, 29 anos, estava com um machado quebrando as paredes e portas de sua casa. Minutos antes da chegada dos PMs, o mesmo já teria destruído toda a mobília da residência.

O são-bentense apresentava fortes sintomas de embriaguez alcoólica. Após ser dada a voz de prisão, José ficou alterado e tentou resistir, sendo necessário o uso legal da força para dominá-lo.

Logo após ser preso e colocado na viatura da PM, o meliante chutou o “Xadrez” chegando a quebrar. Os policias de imediato solicitaram apoio do RP1.

José Neto foi autuado em flagrante por danos ao patrimônio público, desordem e embriaguez. O Jovem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil do município, onde serão tomadas todas as medidas cabíveis ao caso.

FONTE: São Bento em foco

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor