header top bar

section content

Jornalista da Rede Globo assaltada durante entrevista desabafa e critica ‘postura’ da imprensa paraibana

“A nossa indignação no ar não foi em busca de holofotes, nem pra questionar o fato de uma repórter ser assaltada até porque não me sinto diferente ", Disse.

Por Luzia de Sousa

19/07/2016 às 07h45 • atualizado em 19/07/2016 às 07h51

Repórter teve celular roubando quando fazia matéria em Campina Grande (imagem: reprodução TV Paraíba)

A jornalista Larissa Fernandes, da TV Paraíba, afiliada da Rede Globo na Paraíba, que teve celular roubado quando fazia matéria sobre a insegurança em Campina Grande, comentou, nesta segunda-feira (18), sobre o drama vivido e lamentou a postura de alguns comunicadores que deram a entender de foi feito sensacionalismo com o caso ocorrido na última quarta-feira (13).

“A nossa indignação no ar não foi em busca de holofotes, nem pra questionar o fato de uma repórter ser assaltada até porque não me sinto diferente de ninguém, apenas não imaginei que algum bandido teria a coragem de me furtar estando com câmera e microfone ligados, e com a polícia a poucos metros de distância”, destacou.

Larissa Fernandes também falou o que sentiu ao passar por uma situação que acontece com muitas pessoas no dia-a-dia.

“Quem acompanhou a reportagem viu como tudo aconteceu e pôde observar o meu desespero na hora. Vivenciei aquilo que tantas pessoas me relatam diariamente. Eu já tinha ouvido falar o quanto é ruim ser roubada, mas pude sentir essa sensação de impotência diante de uma violência que parece não ter mais controle na nossa cidade”, relatou.

Larissa disse ainda que após o fato, que repercutiu nacionalmente, foi “bombardeada por mensagens e ligações” e virou assunto nas redes sociais. Ela mostrou indignação com o desdenho que o assunto chegou a ser tratado

“Teve gente que sorriu, como se fosse a coisa mais natural do mundo passar por isso. Teve quem disse que a culpa do furto foi minha por usar o celular no meio da rua. Acredite! Mas, tem se tornado comum esse tipo de posicionamento onde a vítima se torna ré, infelizmente”, respostou.

DIÁRIO DO SERTÃO com MaisPB

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan