header top bar

section content

Trágico: Jovem da região de Sousa é morto a pedradas enquanto trabalhava no Paraná

O crime aconteceu na noite anterior e a suspeita é de um latrocínio.

Por Luzia de Sousa

22/07/2016 às 18h42 • atualizado em 22/07/2016 às 18h44

Jovem ao lado da família (Foto Whatsapp)

“Não estou armado”, teriam sido as últimas palavras de Francisco Juventino dos Santos, 29 anos, um vigilante encontrado morto na madrugada desta sexta-feira (22), na área rural de Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O crime aconteceu na noite anterior e a suspeita é de um latrocínio (roubo seguido de morte), já que a moto do jovem foi levada.

Francisco Joventino é natural do município de Vieirópolis, região de Sousa. Ele residiu por muito tempo no sítio Segredo, próximo a comunidade do Bomfim. Era filho do casal Maurina Tereza dos Santos e Manoel Joventino dos Santos (Manoel de Chico Brejeiro)

Conforme informações colhidas, era por volta das 23h40 de quinta-feira (21), quando o vigilante foi abordado pelo bandido enquanto falava ao telefone. O amigo do outro lado da linha apenas o ouviu dizer “não estou armado, não estou armado”, e a ligação caiu.Logo que a ligação caiu, o amigo estranhou o que ouviu e acionou a polícia. Mesmo com todas as buscas, os policiais só conseguiram encontrar o rapaz já morto no final da madrugada, por volta das 5h30, na Rua Anúncia Viante Gianini, no Bairro Lamenha Pequena.

De acordo com a polícia, Francisco foi morto com pedradas na cabeça e, pelos ferimentos, não teria sequer tempo de ser socorrido. O bandido fugiu levando a moto que ele usava para trabalhar e o veículo não foi encontrado.

Em conversa com alguns colegas de trabalho e amigos do vigilante, os policiais descobriram que ele era um jovem trabalhador e que não teria nenhuma ameaça, o que leva a crer que o crime tenha acontecido mesmo para o roubo da moto.

Denúncias que possam ajudar a polícia podem ser passadas para o telefone da Delegacia de Almirante Tamandaré, que investiga o crime, através do (41) 3657-1220.

O Corpo do jovem será encaminhado para comunidade do sítio Riacho, município de Vieirópolis, Sertão paraibano, onde atualmente residem seus pais.

DIÁRIO DO SERTÃO com Eliézio Notícias

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo