header top bar

section content

Jovem de 18 anos vai a festa falsa e acaba morta a facadas no Paraná

A polícia suspeita que a vítima foi enganada, já que não houve festa no local combinado

Por Luzia de Sousa

27/07/2016 às 07h35

Uma mulher de 18 anos foi encontrada morta em Itaperuçu, região metropolitana de Curitiba (PR), depois que saiu de casa para uma falsa festa. O corpo da jovem tinha pelo menos sete ferimentos a faca.

De acordo com a polícia, Luana Karina Garcia foi convidada para ir a uma festa, na última sexta-feira (22), porém nunca mais voltou. A polícia suspeita que a vítima foi enganada, já que não houve festa no local combinado.

Com o sumiço de Luana, familiares e amigos começaram a procurar a jovem. Ela vivia em Belo Horizonte (MG) com o marido, mas, há quatro meses, estava hospedada na casa da família para visitar a mãe e filha de três anos. Sem dinheiro para retornar para casa, Luana decidiu juntar dinheiro para reencontrar o marido.

Segundo informações do R7, policiais da Delegacia de Rio Branco do Sul sabem que que pelo menos duas pessoas participaram do assassinato de Luana. Durante a investigação, os policiais descobriram que uma mulher havia se apaixonado por Luana, que disse estar incomodada com a insistência da mulher.

Amigos da vítima disseram que, em certa altura, a mulher chegou a enviar mais de 100 mensagens em um único dia.

O delegado responsável pelo caso apreendeu o celular da vítima e achou provas importantes que ligam esta mulher à Luana, além de outro suspeito.

Notícia ao Minuto

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo