header top bar

section content

Ex mata jovem que havia sido mãe há 40 dias por não aceitar término do relacionamento

De acordo com as investigações, o suspeito não aceitava o término do relacionamento, que durou cinco meses.

Por Luzia de Sousa

03/09/2016 às 03h18 • atualizado em 02/09/2016 às 17h22

Jovem foi assassinada pelo ex-namorado

Polícia Civil está em busca do ex-companheiro de Marilei Kazmiroski, de 19 anos, morta com um tiro na cabeça, na noite de quarta-feira (31), em Ampére, no sudoeste do Paraná.

Segundo informações do Extra, a jovem, que havia sido mãe há 40 dias, foi levada para fora de casa pelo pai da recém-nascida e executada.

De acordo com as investigações, o suspeito não aceitava o término do relacionamento, que durou cinco meses.

Ao chegar a casa da jovem, o suspeito bateu boca com Marilei, que estava acompanhada dos pais e do atual namorado, e tentou atacá-la. O companheiro e a mãe dela tentaram impedi-lo, mas a mãe de Marilei acabou baleada. Em seguida, a jovem foi puxada para fora de casa, onde levou um tiro na cabeça e morreu. O suspeito fugiu logo depois.

O corpo da jovem foi levado para o Instituto Médico Legal de Francisco Beltrão, já a mãe da jovem está internada em estado estável em um hospital da região.

Em redes sociais, amiga lamentaram o crime. “A ficha não caiu. Que crueldade que fizeram contigo, Mari!”, escreveu uma amiga da vítima no Facebook.

Notícia ao Minuto

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula