header top bar

section content

ASSISTA! Caminhão carregado de coco perde o controle, capota e deixa dois mortos e várias pessoas feridas. Veja as fotos e o vídeo aqui!

O corpo de bombeiros e SAMU estiveram no local, removendo as vítimas em estado grave para o Hospital Regional de Sousa

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

10/09/2016 às 13h46 • atualizado em 11/09/2016 às 09h34

Duas pessoas morreram e 11 ficaram feridas após um caminhão carregado com coco capotar na PB-380, na Rodovia da Produção, mais precisamente no Núcleo Habitacional II, em Sousa, no Sertão paraibano.

Segundo informações da polícia militar, um homem de bicicleta teria tentado cruzar a pista quando um caminhão carregado de coco ainda tentou desviar, mas perdeu o controle em uma curva capotou várias vezes, deixando dois mortos e vários feridos. Testemunhas disseram que as pessoas que ficaram feridas estavam viajando em cima da carroceria do caminhão, junto com a carga.

Acidente deixou vários feridos na rodovia da produção em Sousa (foto: Charley Garrido)

Acidente deixou vários feridos na rodovia da produção em Sousa (foto: Charley Garrido)

Todo o efetivo do corpo de bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram no local, socorrendo as vítimas em estado grave para o Hospital Regional de Sousa (HRS).

Guarnições do policiamento de trânsito estiveram no local isolando a área até a chegada da polícia civil que vai realizar perícia no local do acidente. Os corpos das vítimas fatais serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) em Patos, para realização do exame cadavérico.

Veja as fotos abaixo:


DIÁRIO DO SERTÃO

DETALHES DO JÚRI

VÍDEO: Secretária revela bastidores do julgamento do caso Érika e diz que houve distinção de tratamento

22 DE AGOSTO

VÍDEO: Prefeitura de Cajazeiras corre para conseguir recapear todas as entradas antes do dia da cidade

"RASGARAM A CONSTITUIÇÃO"

VÍDEO: Para o vice-prefeito de Sousa, Lula é um preso político: “A injustiça dói em qualquer um”

TESTEMUNHO AO VIVO

VÍDEO: Pastor sentenciado a 32 anos de prisão diz que foi visitado por Deus na cadeia e saiu em 30 dias