header top bar

section content

Gobira anuncia que vai deixar PSOL e diz que após carnaval divulgará nova legenda. Ouça

Gobira afirmou que deixará o PSOL sem mágoas e revela que já recebeu convites de grupos políticos da capital.

Por Luzia de Sousa

14/10/2016 às 07h00 • atualizado em 14/10/2016 às 08h42

Gobira presta entrevista à imprensa de Cajazeiras

O ex-candidato a prefeito de Cajazeiras, Antônio Gobira, anunciou que está deixando o PSOL – partido pelo qual já disputou também uma eleição a deputado federal – para se filiar a outra legenda e provavelmente tentar uma vaga na Câmara Federal pela segunda vez, agora com mais apoios políticos. Para tanto, Gobira já está com viagem marcada à capital João Pessoa, onde terá conversas com lideranças políticas.

+ Com 100% das urnas apuradas, Zé Aldemir é eleito prefeito de Cajazeiras com mais de mil votos

Gobira afirmou que deixará o PSOL sem mágoas e revela que já recebeu convites de grupos políticos da capital. “Não tenho mágoas de ninguém, nem rancor. São pessoas de bem que estão dentro do partido. Após o carnaval, daqui a seis meses estou viajando a João Pessoa, onde vou conversar com alguns políticos que já convidaram e ligaram para mim”.

O sapateiro garante que apesar de estar se aliando a outras lideranças políticas, vai permanecer fazendo oposição em um partido de esquerda. Seu objetivo é conquistar pelo menos 60 mil votos para se eleger.

“Estamos conversando e reunindo com grupos de pessoas que vai comandar minha campanha como deputado federal ou estadual. E a gente vai seguir se reunindo e tomar um rumo bem feito para que a sociedade saiba que com 60 mil ou 50 mil eu esteja eleito deputado federal”. Disse ele.

Gobira revelou que sua votação, 1.290 não foi a esperada pelo partido, mas disse respeitar a decisão do povo cajazeirense e anunciou que continuará fazendo oposição ao governo municipal em 2017.

Proposta
O ex-candidato revelou que o prefeito eleito, José Aldemir lhe propôs desistência da candidatura, para apoiar o projeto da oposição liderada pelo deputado, mas recusou o convite. “Fui procurado pelo deputado, perguntando se haveria possibilidade de subir no seu palanque e desistir da campanha, disse não deputado, eu não sou homem para isso, eu vou até o final”.

Novo
Ele disse que decidir após o carnaval qual a legenda vai escolher, mas adiantou que recebeu convites de senador, deputado federal, estadual e prefeitos ofertando novas legendas.

E Zé?
Sobre a vitória de Zé Aldemir nas urnas, ele apenas disse que respeita a soberania do povo e declarou que não foi surpresa, pois o grupo liderado por Carlos Antonio estava há muito tempo no poder e merecia sair. “Um grupo não pode permanecer muito tempo no poder porque isso é ruim para a democracia, eu acho que foi na hora e o povo decidiu, então se o povo decidiu a gente vai respeitar a decisão”. Declarou

Ouça áudio da Rádio Alto Piranhas!

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!