Policial
18/11/2016 às 09h03 • atualizado em 18/11/2016 às 09h49

postado por: Luzia de Sousa

Ebserh se pronuncia sobre mandado da Polícia Federal em hospital infantil de CZ

Por e-mail, a coordenadoria esclareceu que recebeu os agentes para recolher informações sobre o atendimento de uma menina feito este ano.

Gabriely com o tio em Cajazeiras (Foto arquivo pessoal)

A Coordenadoria de Comunicação Social da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares se pronunciou nessa quinta-feira (17), sobre o mandado de busca feito na unidade hospitalar pela Polícia Federal.

+ Polícia Federal deflagra operação em hospitais de Cajazeiras e Patos para investigar morte de menina de oito anos. Confira as fotos e vídeo!

Por e-mail, a coordenadoria esclareceu que recebeu os agentes para recolher informações sobre o atendimento de uma menina feito este ano.

“A unidade disponibilizou aos agentes todas as informações solicitadas e ressalta que está à disposição para colaborar com as investigações”, escreveu.

Entenda
A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (17) a Operação Gabriely, nos municípios de Cajazeiras e Patos no Sertão da Paraíba. Equipes da Polícia Federal, juntamente com integrantes do Conselho Regional de Medicina da Paraíba e do DENASUS, deram cumprimento a 3 (três) Mandados de Busca e Apreensão, expedidos pelo juízo da 8ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Sousa.

Trata-se de IPL instaurado por requisição do MPF, para apurar a prática, em tese, de diversas condutas em três hospitais, sendo um federal e dois estaduais, que se amoldam ao crime de homicídio, referente a fatos que ensejaram a morte da menor Maria Gabriely Barbosa Almeida, que contava com 8 anos de idade, quando faleceu no dia 27 de março de 2016 no Hospital Infantil Noaldo Leite em Patos.

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe seu comentário