header top bar

section content

734 autos de infração foram lavrados nas rodovias federais na Paraíba; 10 ocorrências foram na BR 230

Ao todo, 734 autos de infrações foram lavrados e 16 acidentes foram registrados

Por Luzia de Sousa

12/12/2016 às 15h05

O último final de semana, compreendido de sexta-feira a domingo, foi marcado por muita irresponsabilidade dos condutores que trafegaram pelas rodovias federais que cortam a Paraíba. Para o período, 16 acidentes foram registrados, onde 17 pessoas ficaram feridas e uma veio a óbito. Ainda no rol das imprudências, 734 autos de infração foram lavrados pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A maioria deles foram por transitar com veículos em acostamentos. Mas, infrações como deixar de manter acesa luz baixa durante o dia (134), ultrapassagens proibidas, dirigir sob efeito de álcool, condutor ou passageiro sem cinto de segurança, criança sem cadeirinha e condutor ou passageiro sem capacete também foram observadas.

Os tipos de acidentes variaram bastante. Confira os mais comuns: colisão com objeto fixo, colisões transversais, capotamento, saída de pista, queda de motocicleta, atropelamento de animal, atropelamentos de pedestre e colisões traseiras; sendo este último o mais frequente, com seis ocorrências. Dos sinistros registrados, dez deles ocorreram na BR-230, três na BR-101 e três na BR-104. Um atropelamento de pedestre deixou uma pessoa morta na BR-230, na altura do quilômetro 76, na localidade de Cajá. A vítima era uma mulher de 53 anos. O condutor envolvido não apresentava sinais de embriaguez.

Outro sinistro que chamou atenção foi registrado também na BR-230, no quilômetro 23, em João Pessoa. Um engavetamento envolvendo seis veículos interditou o viaduto do bairro Cristo Redentor na manhã do último sábado. Devido à redução da velocidade dos veículos pela contenção causada pelas obras de pavimentação asfáltica, um caminhão Mercedes-Benz com placas de Bayeux não conseguiu frear e colidiu, arremessando outro autocarga contra a mureta de proteção, provocando o engavetamento dos demais veículos envolvidos. Devido à interdição do viaduto, o fluxo foi desviado para as alças laterais, o que provocou grande lentidão por algumas horas.

TRANSITAR PELO ACOSTAMENTO
Durante os trabalhos de orientação de trânsito realizada pelos policiais no acidente do viaduto, muitos condutores foram flagrados cometendo a infração de transitar com veículo pelo acostamento. Os apressadinhos tentavam burlar a fila de veículos e seguiam pelo acostamento, mas não contavam com a presença de agentes da PRF no local para fazer o flagrante da irregularidade. Ao todo, 192 condutores foram autuados por desobedecer à norma de trânsito. A infração é gravíssima, com fator de multiplicação 3x, ou seja, os condutores impacientes contarão com 7 pontos na carteira nacional de habilitação e ainda pagarão uma multa no valor de R$ 880,41.

PRF

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!