header top bar

section content

Detentos são transferidos para Patos e Cajazeiras após duas rebeliões. VÍDEO!

As informações são preliminares. 15 PM´s e oito agentes penitenciários estão no local e o clima ainda está tenso.

Por Luzia de Sousa

15/12/2016 às 16h24 • atualizado em 15/12/2016 às 19h11

Foi registrado nesta quanta-feira (15) dois princípios de tumultos nas Cadeias públicas das cidades de Conceição e Piancó, em ambos os casos os detentos atearam fogo em colchões e outros objetos, situações que foram prontamente controlados pela Policia Militar.

+ ‘SANGUE NOVO”: Polícia Militar do Sertão ganha novos reforços nesta quarta-feira

Na cidade de Conceição os detentos se revoltaram com uma Operação Pente Fino, determinada e acompanhada pessoalmente pelo Juiz das Execuções Penais e o representante do Ministério Público da Comarca, a Operação foi realizada pela Policia Militar por volta das 10 hs, tendo como resultado a apreensão de dois aparelhos celulares, três carregadores e outros objetos.

Após a Operação, alguns detentos atearam fogo em colchões no pátio da Unidade Prisional, gerando um princípio de tumulto que foi prontamente controlado por Policiais Militares da 2ª Companhia de Conceição, na ocasião também foram identificados dois detentos responsáveis pelo tumulto, os quais foram imediatamente transferidos da Cadeia de Conceição para o presídio da cidade de Cajazeiras por determinação do Juiz das Execuções Penais.

Em Piancó, por volta das 12 hs, durante a revista pessoal para a realização da “Visita Intima” dos detentos, uma senhora foi flagrada tentando adentrar na Cadeia com dois papelotes de uma substância semelhante à maconha, quando foi conduzida para a delegacia de policia civil para as providencias legais.

Apos o fato, presos da Cela 01 atearam fogo em colchões, ventiladores, cobertores e outros objetos pessoais, quando a Policia Militar foi acionada e mais uma vez conseguiu controlar o tumulto.

Dois detentos chegaram a passar mal com a inalação de fumaça e foram socorridos por uma Unidade do SAMU. Quatro apenados foram identificados com responsáveis pelo incêndio, e foram transferidos para o presídio Regional de Patos e no momento a situação está normalizada nas unidades prisionais.

.

DIÁRIO DO SERTÃO com PM

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’