header top bar

section content

Idoso confessa que estuprava neta desde os quatro anos de idade; Polícia prende ele e jovem acusado de homicídio no Sertão

No final da manhã, eles foram conduzidos para a DHE, onde foram ouvidos pela autoridade policial e em seguida encaminhados para o Presídio

Por Luzia de Sousa

20/02/2017 às 18h01

Idoso é acusado de estupro e jovem de homicídio no Sertão da Paraíba (Foto: Assessoria da PB)

Policiais Civis do Grupo Tático Especial (GTE) da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes (DHE) da cidade de Patos, no Sertão paraibano, cumpriram, nesta segunda-feira (20), no município de São José do Bonfim, um mandado de prisão expedido pela Justiça contra um aposentado de 66 anos. Ele é suspeito de praticar o crime de estupro de vulnerável. Outro mandado de prisão foi cumprido em desfavor de um jovem de 21 anos, investigado por homicídio.

A polícia começou a investigar o suspeito depois de receber uma informação repassada pelo Conselho Tutelar do município de que o idoso poderia estar praticando o crime de estupro contra uma neta. Os conselheiros foram até a casa dele e lá encontraram a vítima que confirmou a violência sexual cometida pelo avô. A criança, que hoje tem 12 anos, foi levada para a casa do pai, que é separado da mãe dela.

O caso aconteceu na sexta-feira (17) e depois de ouvir as testemunhas e a vítima o delegado Galdêncio Neto solicitou à Justiça o mandado de prisão. “O acusado foi preso na casa dele. Na delegacia ele confessou a violência sexual praticada contra a neta e disse que a primeira vez que abusou da menina ela tinha apenas quatro anos. Morando na mesma casa com a mãe da menina, que é filha dele, ela não desconfiou de nada porque sofre de distúrbios mentais”, disse o delegado.

Mais prisão – Também nesta segunda feira (20), por volta das 10h da manhã, a equipe do GTE da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes cumpriu um segundo mandado de prisão, dessa vez em desfavor de um jovem. Ele é suspeito de participar de um homicídio registrado no ano de 2015 na cidade de Patos.

Os levantamentos realizados na época mostraram que a vítima Weverton da Silva Pereira estava em uma praça pública quando várias motos chegaram ao local e os ocupantes atiraram na direção dele. Os responsáveis pelos disparos fugiram sem roubar nada da vítima. Dias depois do caso, a polícia prendeu alguns envolvidos no crime. Com a prisão do jovem, a polícia encerra o inquérito.

No final da manhã, eles foram conduzidos para a DHE de Patos, onde foram ouvidos pela autoridade policial e em seguida encaminhados para o Presídio Procurador Romero Nóbrega de Patos para aguardar pela sentença da Justiça.

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan