header top bar

section content

PB: Adolescente de 15 anos morre após parto, família promove quebra quebra e acusa maternidade de erro médico

Até o momento o ICV não se pronunciou sobre o assunto.

Por Luzia de Sousa

03/03/2017 às 10h39

Foot: Mais PB

Familiares de uma adolescente de 15 anos provocaram um tumulto no Instituto Cândida Vargas (ICV), após a morte da jovem, na noite dessa quinta-feira (03). Vidraças da maternidade foram quebradas e uma equipe da Polícia Militar (PM) precisou ser acionada para conter a revolta. Os parentes acusam a equipe médica de negligência.

A adolescente deu entrada na maternidade do ICV na madrugada da segunda-feira (27), mas o parto só foi concluído por volta das 23h do mesmo dia. Com muitas dores, a adolescente foi entubada e encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva na quinta-feira (02), mas não resistiu e morreu. Já a criança nasceu com problemas de saúde. Até o momento o ICV não se pronunciou sobre o assunto.

Em nota, a PM disse que quando os policiais chegaram, encontraram uma vidraça quebrada e precisaram cercar a frente do hospital juntamente com a guarda municipal. A equipe confirma que o motivo do protesto seria a morte da adolescente.

MaisPB

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018