header top bar

section content

Ex-aluno ameaça professora após paixão não correspondida

Assustada, a educadora, que foi cercada pelo jovem de 17 anos nesta sexta-feira (3/3) na porta do CED 04, , chamou a PM e o pai do garoto

Por Luzia de Sousa

04/03/2017 às 05h13 • atualizado em 03/03/2017 às 20h16

Ex-aluno ameaça professora após paixão não correspondida em Sobradinho

Uma professora do Centro Educacional (CED) 04 de Sobradinho passou por apuros na manhã desta sexta-feira (3/3). De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, um ex-aluno do colégio, de 17 anos, tentou agredi-la na porta da instituição. O jovem, desde o ano passado, alimenta uma paixão não correspondida pela educadora.

A PM foi acionada pela própria professora e encaminhou o rapaz à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). No local, o pai do menino informou que ele tem problemas mentais. O jovem também disse, na unidade policial, que faz uso de calmante e passa por tratamento psiquiátrico.

De acordo com a ocorrência registrada na DCA, o adolescente já tinha ameaçado a professora, via WhatsApp, e nesta sexta a cercou do lado de fora da escola e teria tentado intimidá-la. A professora contou aos policiais que o jovem foi transferido no ano passado para o CED 04, após ter se envolvido em agressões e expulso do CED 8, também em Sobradinho.

Na nova escola, a professora disse que o adolescente foi desligado novamente por problemas de comportamento. Ela ressaltou que o contato que teve com o aluno foi apenas nas atividades socializadoras, como recreio, lanche, momentos culturais, gincanas. Mesmo assim, ele teria passado a ter uma fixação pela mulher. Queria estar sempre junto da professora e esperava por ela do lado de fora da sala de aula.
A partir de 28 de fevereiro deste ano, ainda segundo a professora contou aos policiais, o rapaz começou a ligar para ela e a mandar mensagens de WhatsApp, dizendo que sua filha podia morrer e para que tomasse cuidado.

Nesta sexta, ele foi até a escola esperá-la na porta. Assustada, a mulher chamou a polícia e o Corpo de Bombeiros e ligou para o pai do adolescente. O Metrópoles entrou em contato com o CED 04, mas a coordenação garante que não houve nenhum episódio de violência envolvendo aluno e professor nesta sexta. O Sindicato dos Professores (Sinpro), por sua vez, garante não ter tomado conhecimento do fato.

Metrópoles

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan