header top bar

section content

Polícia detém dois suspeitos por porte ilegal de arma e tráfico de drogas na capital

O policial iniciou uma perseguição conta a dupla e conseguiu interceptá-la na praça do bairro do Tambiá onde fez a abordagem.

Por Priscila Belmont

16/03/2017 às 10h04

Foi apreendido um revólver calibre 32, com 18 munições, além de 17 papelotes de maconha. (Foto: Assessoria)

Um policial militar deteve, na tarde dessa quarta-feira (16), em uma praça no bairro do Tambiá, na Capital, dois homens que portavam uma arma de fogo e drogas.

O policial, que pertence ao Batalhão de Operações Especiais, estava de folga e transitava pelo bairro do Padre Zé em seu veículo, quando viu dois homens em uma motocicleta, em atitude suspeita, saindo de uma casa levando um objeto o qual o PM suspeitou ser uma arma de fogo. O policial iniciou uma perseguição conta a dupla e conseguiu interceptá-la na praça do bairro do Tambiá onde fez a abordagem.

Durante a busca pessoal, o soldado André da Silva encontrou em poder dos dois suspeitos de 47 e 18 anos, um revólver calibre 32, com 18 munições, além de 17 papelotes de maconha. “Quando passei pelo bairro do Padre Zé eles estavam saindo de uma casa com o objeto e seguiram em alta velocidade na motocicleta em direção ao bairro do Tambiá, resolvi então realizar a perseguição, e durante a abordagem confirmei a suspeita que tive de que eles portavam uma arma de fogo”, relatou o policial.

Uma viatura da Força Regional que passava no local prestou apoio ao PM, conduzindo os detidos e o material apreendido para Central de Flagrantes, no bairro do Geisel.

Secom

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como