header top bar

section content

GTE prende representante de empresa de MG acusado de aplicar golpes em CZ, São J. do Rio do Peixe e Sousa

O produto estaria sendo comercializado ao preço de R$ 1.800, sendo que o valor do produto varia entre R$ 90 e R$ 109, com frete grátis em vários sites.

Por Luzia de Sousa

24/03/2017 às 08h20 • atualizado em 24/03/2017 às 08h23

Polícia civil prendeu cinco pessoas (Foto: ilustrativa)

O Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Cajazeiras prendeu nessa quinta-feira (23) um representante de vendas de uma empresa do Estado de Minas Gerais, acusado de estelionato. O homem está sendo acusado de lesar vários pessoas, inclusive idosos.

Veja mais!

+ EITA! Sem ter a quem recorrer e cansados de procurar o prefeito de São João do Rio do Peixe, população denuncia esgotos estourados e risco de acidentes e doenças; Morador improvisa conserto com sua pá e a enxada

+ População de São João do Rio do Peixe diz que prefeito se esconde do povo após se mudar para JP e reclama de lixo e abandono: “Prefeito é do Japão; Tá aqui não”. VÍDEO!

Além de Cajazeiras ele teria atuado nas cidades de São João do Rio do Peixe e Sousa, vendendo de um produto identificado por “Massageador com Infravermelho” e teria usando o nome do Sistema Único de Saúde, que segundo as vítimas, a metade do custo do produto seria pago pelo SUS, além de usar o nome do Dr. Dráuzio Varella, médico famoso no país como fosse um produto de sua marca.

O produto estaria sendo comercializado ao preço de R$ 1.800, sendo que o valor do produto varia entre R$ 90 e R$ 109, com frete grátis em vários sites de vendas.

Outra promessa usada pelo vendedor seria era que o produto curava vários tipos de doenças. O caso só foi descoberto pela polícia quando uma vítima tentou desfazer-se da compra e o representante se negou a desfazer a negociação.

Diante da denúncia, os agentes do GTE  prenderem o representante, que no momento da detenção teria tentado rasgar o contrato feito com uma das vítimas.

O representante da empresa e alguns vendedores, além material aprendido foram encaminhados para delegacia de Cajazeiras e apresentados ao delegado, Dr. Filho.

Segundo Dr. Filho, foram apreendidos 43 aparelhos em Hotel da cidades e vários contratos de possíveis vítimas, que poderão comparecer na delegacia.

DIÁRIO DO SERTÃO com fotos da Polícia Civil

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’