header top bar

section content

Em Cajazeiras, dupla tenta assaltar com lanterna fingindo ser revólver e menor acaba detido pelas próprias vítimas

Tentativa de assalto foi frustrada pelas próprias vítimas após uma delas perceber que um dos assaltantes fingia que estava armado

Por Jocivan Pinheiro

15/04/2017 às 11h46 • atualizado em 15/04/2017 às 17h40

Lanterna usada na tentativa de assalto (Foto: Ângelo Lima)

Uma tentativa de assalto na Rua José Gomes de Abreu, bairro Por do Sol, em Cajazeiras, na noite desta sexta-feira (14), foi frustrada pelas próprias vítimas após uma delas perceber que um dos assaltantes fingia que estava armado.

Segundo relatos das vítimas, dois elementos em uma moto modelo Honda Biz chegaram a uma residência onde um grupo de pessoas conversava na calçada e anunciaram o assalto.

Um menor de 14 anos que estava na garupa fingia estar armado mantendo uma mão por dentro da camisa. No entanto uma das vítimas percebeu que não se tratava de uma arma, mas sim uma lanterna.

VEJA TAMBÉM: Bandidos armados invadem churrascaria em Cajazeiras, mantêm clientes como reféns dentro de cozinha e fazem arrastão no local

Nesse momento as vítimas investiram contra a dupla e conseguiram deter o menor, mas o outro assaltante fugiu na moto. As pessoas mantiveram o adolescente detido até a chegada da polícia, que descobriu que ele reside em Cachoeira dos Índios.

Mais tarde, uma guarnição de Cachoeira se deslocou até a residência do menor e lá encontrou a moto utilizada no assalto. O outro assaltante continua foragido, mas a polícia já tem pistas que podem levar à sua prisão.

Moto usada na tentativa de assalto (Foto: Ângelo Lima)

DIÁRIO DO SERTÃO

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor