header top bar

section content

Ex-companheiro de técnica de enfermagem tem prisão preventiva decretada após audiência em Sousa

O acusado chegou ao fórum Dr. José Mariz escoltado por agentes da Polícia Civil e Militar.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

09/02/2018 às 10h08

O acusado chegando ao fórum para audiência de custódia

O homem de 48 anos, acusado de assassinar a ex-companheira dentro do seu ambiente de trabalho no inicio da semana na cidade de Sousa, Sertão do estado, teve sua prisão preventiva decretada, após audiência de custódia nessa quinta-feira (08).

O acusado chegou ao fórum Dr. José Mariz escoltado por agentes da Polícia Civil e Militar.

+ NÃO RESISTIU: técnica em enfermagem alvejada a tiros por ex-namorado morre em hospital de Sousa

+ Ex-companheiro acusado de matar técnica de enfermagem em Sousa é preso em ação policial

Ele foi preso no início na noite de quarta-feira (07), nas Várzeas de Sousa, em uma ação policial.

Após ter a prisão preventiva decretada, o acusado foi encaminhado para a Colônia Penal Agrícola do Sertão, onde estará a disposição da justiça e aguardará julgamento.

O CASO

De acordo com informações da polícia militar, a jovem Luana, ex-companheira e sobrinha do acusado,  estava estagiando em um escritório de seguros, em frente ao Hospital Regional de Sousa, quando foi surpreendida pelo acusado armado, que efetuou diversos disparos de arma de fogo em sua direção. A vítima foi socorrida para o HRS em estado grave, onde ficou internada, mas morreu instantes depois.

DIÁRIO DO SERTÃO

155 ANOS DA TERRA DO PADRE ROLIM

VÍDEO: Diocese ficou em Cajazeiras porque Sousa tinha padres casados? Professor explica essa história

PT RACHADO

Marcos do Riacho do Meio diz que petista que tem cargo e ‘juízo’ deve votar nos candidatos do prefeito

LANÇAMENTO

Festival Brasileiro de Cinema Espírita e Espiritualista foi destaque no programa Mensagem de Esperança

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Saiba como descobrir sua vocação profissional e ser bem-sucedido da universidade ao trabalho