header top bar

section content

Acidente no Vale do Piancó deixa três pessoas feridas e uma criança morta, todos da mesma família

Casal e dois filhos retornavam da cidade de Conceição com destino a Patos, onde residem, quando o veículo em que eles estavam colidiu com uma caminhonete

Por Jocivan Pinheiro

27/05/2018 às 15h04 • atualizado em 27/05/2018 às 15h11

Família que se envolveu no acidente

Um grave acidente de carro ocorrido entre as cidades de Catingueira e Olho D’Água, na região do Vale do Piancó, Sertão paraibano, deixou três pessoas feridas e uma vítima fatal, todas da mesma família, na manhã deste domingo (27).

Segundo informações preliminares, o funcionário público Liberato Neto, sua esposa Grimária Medeiros e os dois filhos do casal, José Marinaldo, de 12 anos, e Gustavo Medeiros, de 7 anos, retornavam da cidade de Conceição com destino a Patos, onde residem, quando o veículo colidiu com uma caminhonete.

VEJA MAISIdentificada a vítima fatal do acidente com casal de comerciantes no Vale do Piancó

Com o impacto, o funcionário público, a mulher e o garoto mais velho sofreram pancadas na cabeça, escoriações e foram levados para hospitais de Patos. O casal ficou internado no Hospital Regional e a criança no Infantil. Já o filho mais novo não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Em contato com o Hospital Regional de Patos, fomos informados de que o casal está em observação, em estado clínico regular e passa bem. O Hospital Infantil, por sua vez, disse que o garoto José Marinaldo também se encontra em estado regular e consciente. A polícia vai investigar as circunstâncias do acidente.

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula