header top bar

section content

Duas motos são roubadas em poucas horas e delegado diz que população é essencial para reduzir a violência

Ainda segundo o delegado, é preciso diminuir a violência, e isso só pode acontecer coma ajuda da população passando informações para a polícia.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

15/02/2016 às 09h01 • atualizado em 15/02/2016 às 09h07

O aumento no número de roubos a motocicletas na cidade de Sousa deixou a população preocupada. Só no domingo (14) duas motos foram tomadas por assalto, uma no sítio Paquetá e outra no Cesário, zona rural de Sousa.

A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, entrevistou o delegado do Grupo Tático Especial (GTE) da polícia civil de Sousa, Carlos Seabra, e segundo ele, uma dupla em uma moto Honda Bros de cor branca também está praticando assaltos na cidade e na região.

“Normalmente esses roubos são praticados pelas mesmas pessoas, para conseguir dinheiro para comprar ou revender droga, e essa droga está envolvida diretamente com essa questão do roubo e até mesmo homicídios”, afirmou Carlos Seabra.

Ainda segundo o delegado, é preciso diminuir a violência em Sousa, e isso só pode acontecer coma ajuda da população passando informações para a polícia.

“É preciso que a população denuncie anonimamente através do número 197, dizer se viu alguém armado, informações sobre ponto de drogas e armas. Não precisa se identificar, o que a polícia precisa é da informação, para diminuir essa violência em Sousa e a região”, disse o delegado.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como