header top bar

section content

Justiça se pronunciará em breve sobre falsificação de escolaridade em Bom Jesus

O caso é similar ao do ex-presidente da Câmara Federal , João Paulo Cunha(PT), que usou o mesmo artifício para comprovar que era formado em direito.

Por

27/03/2009 às 00h07

O advogado do engenheiro Roberto Baima(PT), candidato a prefeito de Bom Jesus pediram a anulação do registro da candidatura de Manuel Dantas(PMDB). A Alegação, é que Manoel usou Certificado falso para comprovar que não era analfabeto.

Segundo Marcelo Weick Pogliese, pelo Certificado, Manoel Dantas teria cursado o primário , mas segundo provas levantadas na escola onde supostamente o prefeito eleito havia estudado, não existe nenhum documento que comprove a sua matricula escolar nem tão pouco a sua freqüência, deixando explicito a falsificação, que teve a conivência de funcionários da referida escola.

O caso já foi encaminhado para a Policia Federal e segundo Baima, todo processo já se encontra nas mãos do Juiz eleitoral que deverá se pronunciar em breve.

O petista pediu a cassação do diploma e, caso a Justiça Eleitoral julgue procedente, ele pode vir a assumir o cargo com o afastamento de Manoel Dantas.

Roberto diz acreditar na cassação de Manoel Dantas, tendo em vista as provas contundentes de falsificação de documentos, devidamente comprovada nos autos do processo.

O caso é similar ao do ex-presidente da Câmara Federal , João Paulo Cunha(PT), que usou o mesmo artifício para comprovar que era formado em direito.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!