header top bar

section content

Bate boca entre Ricardo e Arthur:Causa teria sido por manutenção de cargos na AL

Uma fonte revelou a reportagem do Diário do Sertão que o Presidente da Assembleia, estava tentado uma manobra para permitir o retorno do suplente Ricardo Barbosa, mais está encontrando obstáculos

Por

22/03/2009 às 12h18

Na última sexta-feira (19), na reunião dos deputados do PSDB paraibano, quando tudo parecia está calmo, eis que o suplente de deputado Ricardo Barbosa, que estava presente a reunião na residência do Senador Cícero Lucena, usou da palavra e fez alguns pedidos ao presidente da Assembléia, deputado Arthur Cunha Lima.

Ricardo pediu a Arthur que fizesse uma manobra entre os deputados aliados para garantir o seu retorno à titularidade, como isso não foi possível, o ex-líder do governo pediu que fossem mantidos os salários dos seus assessores no gabinete da presidência, como também o seu salário de deputado, por fim o veículo e o combustível destinado ao gabinete.

Indignado com a proposta, o presidente da Assembleia deixou a reunião chamando Ricardo de ‘desagregador’ e gritando para ele: “Vá pedir a Léo Abreu! Vá combinar com ele”, sem, no entanto, ser específico quanto ao que seria esse ‘pedido’ de Barbosa ao prefeito de Cajazeiras.

Recardo
Comenta-se nos bastidores da reunião, que Arthur teria mando Ricardo pedir ao prefeito cajazeirense que mantivesse seus assessores e sua estrutura, pois segundo ele a Assembleia tem que reduzir despesas, porque teve corte de repasse, como também o Legislativo não é ponto de apoio e sim a Casa fiscalizadora das ações no estado.

“O certo é que não se pode manter no cargo quem não está mais no mandato, se fosse assim todos os suplentes teriam o mesmo privilégio, dar há um e outros não, não é justo”.Comentou um deputado da oposição que estava na reunião.

Retorno 
Uma fonte revelou a reportagem do Diário do Sertão que o Presidente da Assembleia, estava tentado uma manobra para permitir o retorno do suplente Ricardo Barbosa, mais está encontrando obstáculos, pois os deputados não estão dispostos a se afastarem. 

Nos bastidores políticos da Assembleia cogita-se uma possível revoada de deputados de partidos no mês de setembro quando a “janela de transferências” estará aberta. PMDB, PSB, DEM e PSDB serão os partidos que poderão ter mudanças significativas nos seus quadros de filiados e de representatividade, tanto na Assembleia, quanto no Senado Federal.

Da Redação do Diário do Sertão

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares