header top bar

section content

Mal estar na base: Tyrone demite por telefone aliados de João Estrela e Lindolfo

Turbulência na base governista em Sousa. O prefeito Fábio Tyrone demitiu, via celular, secretários indicados por João Estrela e pelo deputado Lindolfo Pires. O gesto hostil deve gerar reação forte.

Por

08/03/2009 às 07h22

Dois secretários e vários auxiliares na rua. Esse é o saldo de demissões feitas por telefone neste final de semana pelo prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PTB). As baixas abrem uma crise sem precedente no começo do novo Governo Municipal.

Tyrone – foto à esquerda –  demitiu direto de Juazeiro do Norte (CE), onde mora, através de ligação telefônica, o procurador jurídico do município, Lamartine Bernardo, e o secretário de Administração, Marcone Queiroga.

Antes o secretário de Finanças, Carlinhos de Deodato, o advogado responsável pelos processos de licitação, João Mendes, além de outros auxiliares, já tinham entregue os cargos. 

Aliados de Estrela são alvo
Coincidência ou não, os demitidos têm ligações estreitas com o ex-prefeito João Estrela (PDT), que trabalhou pela eleição do petebista e indicou a filha Joana na vaga de vice.

A notícia caiu como uma bomba nos meios políticos e sociais da cidade de Sousa. As demissões devem gerar reação de João Estrela e do deputado estadual Lindolfo Pires (DEM), principais apoiadores da campanha do prefeito ano passado. 

Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
EMPODERAMENTO

VÍDEO: Associação dos Ciclistas de Cajazeiras promove neste final de semana pedal dedicado às mulheres

OUTRO LADO

Secretário de saúde diz que verbas federais serão mantidas e que o SAMU de Cajazeiras não vai fechar

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa