header top bar

section content

Arthur toma posse com ausência da oposição

A posse da nova Mesa diretora, eleita por unanimidade, foi marcada pelo ecletismo, representatividade partidária estiveram presentes

Por

01/02/2009 às 16h09

Os trabalhos da Assembléia de 2009 foram abertos em uma cerimônia realizada na manhã deste domingo (1) com a recondução do deputado Arthur Cunha Lima (PSDB) à presidência da Assembléia Legislativa, reeleito para o biênio 2009/2011. A solenidade foi aberta, às 10 horas em frente à Praça João Pessoa. O presidente Arthur Cunha foi recepcionado pelo Chefe da Assessoria Militar da Assembléia, Coronel Macedo, e em seguida passou em revista à tropa de cadetes da Academia de Polícia Militar Cabo Branco.

Logo após, Arthur Cunha Lima e o público assistiram à apresentação da banda da Polícia Militar e desfile de cadetes da Academia de Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da cavalaria da PM. O desfile prestou continência do maior representante do maior do Poder Legislativo Estadual.

Logo depois, o presidente Arthur Cunha Lima e os demais convidados – parlamentares e autoridades – foram conduzidos ao plenário "Deputado José Mariz" para solenidade de posse da mesa diretora eleita em 11 de setembro de 2007, com base na resolução nº 1.268.

A deputada estadual Socorro Marques (PPS) conduziu os trabalhos da Mesa durante a sessão. O plenário Deputado José Mariz ficou pequeno para o grande número de pessoas, entre as autoridades o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Nominando Diniz; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Nilo Ramalho; a procuradora do Ministério Público Estadual, Janete Ismael, o ex-senador Ronaldo Cunha Lima e secretários de Estado e José Mário Porto, presidente da OAB-PB.

Em seu discurso de posse, o presidente Arthur Cunha Lima reafirmou seu compromisso com a ética na política, desejou paz e ressaltou a importância do Poder Legislativo paraibano para o desenvolvimento do Estado. "A Assembléia Legislativa da Paraíba deve continuar marcando firmemente sua presença na definição de planos e políticas do governo, como parceira privilegiada da sociedade, sem descuidar do acompanhamento e do controle das ações do Estado e da execução orçamentária".

Um dos pontos altos da sessão foi a chegada em plenário do governador Cássio Cunha Lima. A posse da nova Mesa diretora, eleita por unanimidade, foi marcada pelo ecletismo. Uma representatividade partidária que contempla cinco legendas: PSDB, DEM, PDT, PTB e PPS.

A ausêcia da bancada oposicionista, demonstra que o clima de acciramento continuará na Casa Epitácio Pessoa e que o processo de cassação do governador Cássio Cunha Lima, ainda é a expectativa vivida pela oposição que afirma, a nulidade do processo eletivo de escolha da mesa diretora da Assembléia, caso se confirme a cassação de Cássio.

Para Arthu, a ausência dos seus colegas de oposição demostra o descompromisso com o estado e com o desenvolvimento das ações do Legislativo paraibano.

Da Redação do Diário do Sertão
Com informações da Assessoria

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!