header top bar

section content

Efraim diz que TSE devolverá processo de Cassio para o TRE

O Senador revelou, que acredita que o processo deverá ser devolvido para o TRE da Paraíba para que o vice-governador José Lacerda Neto, seja ouvido

Por

29/01/2009 às 01h17

O senador Efraim Morais, primeiro secretário do Senado Federal, revelou nesta quarta-feira, que tem plena convicção que os senadores Sarney e Renan Calheiros (PMDB), candidatos a presidente e Lider do partido no Senado, não irão interferir junto ao TSE no processo de Cássio, a pedido do senador José Maranhão. O Senador revelou, que acredita que o processo deverá ser devolvido para o TRE da Paraíba para que o vice-governador José Lacerda Neto, seja ouvido, já que ele foi prejudicado, ao ter seu direito negado.

"Não tenho dúvidas em afirmar que os senadores Sarney e Calheiros vão se restringir a acompanhar o andamento do processo no Tribunal Superior Eleitoral, nem acredito em interferência como proposto e aventado na grande imprensa, condição essa que afirmo com absoluta convicção" afirmou EFraim.

Para o Senador, não procede possíveis compromissos dos senadores pemedebistas em favor do senador Maranhão no processo do TSE.

Na opinião do parlamentar do DEM, “a prevalência no TSE estará restrito exclusivamente aos autos processuais, além do mais lideranças com Sarney e Renan não se prestariam a interferência de forma indébita em questões afeitas ao tribunal eleitoral”.

Efraim explicou ainda, que viaja nesta quinta-feira para compromissos fora de Brasília, mas deixando seu voto cravado na candidatura de Sarney para presidente, assim como aposta que o DEM e o PSDB devem também fechar com o lider pemedebista na votação do dia 2.

Da Redação do Diário do Sertão
Com Wscom

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada