header top bar

section content

Coligação de Paulista terá que pagar 16 mil por pinturas irregulares

A coligação “Unidos por Paulista”, que disputa as eleições para prefeito no município de mesmo nome, na região de Pombal, terá mesmo que pagar uma multa no valor de 16 mil reais pelo uso de propaganda irregular em pinturas de paredes. A coligação ultrapassou o limite de metros quadrados estabelecidos pela Justiça para pinturas de […]

Por

18/09/2008 às 19h28

A coligação “Unidos por Paulista”, que disputa as eleições para prefeito no município de mesmo nome, na região de Pombal, terá mesmo que pagar uma multa no valor de 16 mil reais pelo uso de propaganda irregular em pinturas de paredes.

A coligação ultrapassou o limite de metros quadrados estabelecidos pela Justiça para pinturas de logomarcas e números de candidatos, além de ter abandonado cavaletes em locais usados para passeio público.

A decisão da Justiça Eleitoral foi recorrida. Porém, segundo a advogada da coligação adversária, “Unidos pela vontade do povo”, Maria do Rosário Arruda de Oliveira, autora da representação, o recurso foi julgado como intempestivo pelo Tribunal Regional da Paraíba, pois foi pedido fora do prazo, que é de 48 horas após o julgamento do caso.

Agora, já não cabe mais a coligação “Unidos por Paulista” algum outro pedido de recurso, tendo esta que pagar, sem qualquer objeção, a multa.

Da redação do Diário do Sertão

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares