header top bar

section content

Moído em São José de Piranhas

Aliados de Neto Lacerda se revoltam e causam tumulto

Por

09/09/2008 às 13h47

src=http://clickpb.com.br/artigos/sendtmp/20080908093653/destaque/viatura%20pm.jpgCampo de guerra. Foi no que se transformou a cálida cidade do Sertão paraibano, São José de Piranhas, no início da noite desta segunda-feira (8), assim que o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, em João Pessoa, decidiu pela cassação do registro do candidato a prefeito Joaquim Lacerda Neto, da oposição.

Revoltados com a decisão, correligionários do candidato impugnado foram às ruas da cidade para protestar. O Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado para conter os ânimos.

De acordo com o Coronel Chaves, Comandante da PM em Cajazeiras, aliados de Lacerda Neto obstruíram ruas e tentaram agredir o atual prefeito João Batista, que se refugiou na casa do seu candidato a vice-prefeito, Dr. Brasileiro.

O Tenente Bruno, que fez a primeira abordagem ao grupo, declarou ao Portal Clickpb os aliados de Lacerda Neto provocaram o prefeito João Batista verbalmente e ainda deram chutes e murros na janela da casa do candidato a vice.

O fato movimentou a cidade.
Segundo ele, um dos acusados de conduzir o tumulto foi o filho de Neto Lacerda, chamado de Caio. Apesar do tumulto, ninguém saiu ferido. "É preciso que as pessoas possam fazer política com o mínimo de respeito à integridade física e moral dos outros", declarou o Tenente Bruno, ao avaliar a situação.

A Polícia Militar informou o caso à Justiça Eleitoral da cidade. O quadro se normalizou com chegada do pessoal do Choque.

Lançamento
O candidato a prefeito de São José de Piranhas, Joaquim Lacerda Neto, o "Neto Lacerda", decidiu renunciar à disputa após o indeferimento de seu registro pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba. Ele decidiu não recorrer e, em seu lugar, entra na disputa o seu filho, Domingos Leite Neto.

O anúncio foi feito no inicio da noite de ontem, no programa Parabólica Política da Difusora Rádio Cajazeiras. Neto atribuiu o indeferimento de sua candidatura a "uma grande perseguição política" e acrescentou que decidiu renunciar depois de uma reunião com vários aliados políticos na cidade de São José de Piranhas, inclusive com a presença do deputado estadual Jeová Campos (PT).

Três candidatos disputam a prefeitura daquele município. Além de Domingos Neto, o atual prefeito João Batista e Wagner Pemba são candidatos a prefeito.

Da Redação com  Click PB e Paraíba . COm

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada