header top bar

section content

Em reunião presidida por Maranhão, Delcidio reconhece que errou e pede desculpas

"Não roubei, não desviei dinheiro", garantiu Delcídio, afirmando ter sido acusado de obstrução da Justiça.

Por Luzia de Sousa

09/05/2016 às 17h43

Senador José Maranhão e Delcídio, no Senado Federal

O senador José Maranhão (PMDB-PB) abriu por volta das 16h20 reunião extraordinária da CCJ para votar o relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre cassação do mandato do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), que se encontro presente para apresentar sua defesa.

O senador José Maranhão, atendendo a pedido de senadores, adiou por duas vezes a reunião que aprecia o pedido de cassação de Delcídio, com o objetivo de lhe garantir o amplo direito de defesa.

O senador Delcídio do Amaral começou apresentação na CCJ pedindo desculpas aos senadores e ao povo brasileiro, em especial o do seu estado, Mato Grosso do Sul.

Emocionado, Delcidio citou ‘bullying’ sofrido pelas filhas e homenageou o chefe de gabinete, Diogo Rodrigues, e o assessor de imprensa José Eduardo Marzagão. Disse que os dois foram demitidos sem fundamento legal.

Senador reclama de não ter tido acesso ao inteiro teor do processo contra ele no Conselho de Ética e diz que em 13 anos na Casa nunca viu processo andar tão rápido.

“Não roubei, não desviei dinheiro”, garantiu Delcídio, afirmando ter sido acusado de obstrução da Justiça. O senador admitiu que errou, mas considerou a pena de cassação de mandato como severa demais para o caso.

“Não roubei, não desviei dinheiro”, garantiu Delcídio, afirmando ter sido acusado de obstrução da Justiça. O senador admitiu que errou, mas considerou a pena de cassação de mandato como severa demais para o caso.

Veja também

Presidente interino da Câmara anula sessão que aceitou impeachment; Confira tudo aqui!

Eduardo Cunha ameaça Temer: “serei o fim do governo que nem começou” Confira aqui!

‘Ganhamos tempo para nos reorganizar’, diz Lula sobre anulação

Assessoria

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio