header top bar

section content

Vereadores denunciam epidemia em CZ e auxiliar de limpeza que recebe R$ 27 mil

Neguim do Mondriam revelou números considerados por ele alarmantes em relação a focos do mosquito.

Por Luzia de Sousa

17/05/2016 às 16h00 • atualizado em 17/05/2016 às 16h01

O vereador Alysson Lira (Neguim do Mondrian – PSD) levou à tribuna da Câmara Municipal de Cajazeiras, na sessão dessa segunda-feira (16), graves denúncias e críticas relacionadas à Secretaria Municipal de Saúde de Cajazeiras.

De acordo com o vereador pessoas responsáveis por distribuir o peixe que combate as larvas do mosquito Aedes Aegypti estariam fazendo a entrega nas mãos de crianças, o que, para o vereador, é extremamente perigoso.

Neguim do Mondriam e Jucinério fazem denúncia contra gestão

Neguim  e Jucinério fazem denúncias

Neguim do Mondriam revelou números considerados por ele alarmantes em relação a focos do mosquito. Segundo dados do Ministério da Saúde que ele levou à tribuna, Cajazeiras já alcançou 11% no índice de larvas do mosquito, sendo que o índice nacional é de 13%.

Outra denúncia feita por Alysson Lira é de que existem pelo menos 10 agentes de endemias concursados que estariam prestando outros serviços na Prefeitura e não o de combate a endemias.

“Alguns serviços sequer são na pasta da Saúde”, fato considerado grave pelo vereador, afirmando que o município vive uma epidemia.

Veja também

Representantes do LGBT se mostram indignados com denúncia contra vereador que tachou movimento de quadrilha de pedófilos; “Violenta, é cruel, é intencional”

Vereador nega denúncia de ‘Pedofilia’, revela que documento divulgado não existe no Conselho Tutelar e afirma que vai procurar Delegacia e Justiça

Presidente do PPS nega intervenção e revela nome de possível vice em Cajazeiras. OUÇA!

A terceira denúncia do vereador diz que uma pré-candidata a vereadora do grupo da situação estaria usando um carro da Secretaria de Saúde para realizar visitas na região. Ele disse que vai acionar o Ministério Público para apurar esse caso.

E mais
Durante a sessão, o vereador Jucinério Félix (PPS) denunciou que relatório do Tribunal de Contas do Estado aponta que um auxiliar de limpeza de Cajazeiras recebeu em 2015, valores correspondentes a R$ 27 mil, quando deveria ter recebido apenas R$ 10 mil e 500 reais durante todo o ano.

“Está uma brincadeira, e a gente está desconfiando que ele não trabalha”, declarou o vereador, adiantando que já procurou o local de trabalho do referido servidor e ainda não conseguiu localizar.

Situação
Os vereadores de situação fizeram intervenções durante as falas dos denunciantes na tentativa de rebater as críticas contra a gestão municipal.

DIÁRIO DO SERTÃO

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor