header top bar

section content

Zenildo Oliveira propõe modelo de gestão para Sousa que evite o desperdício público

Diminuir o tempo de espera para um atendimento público, aproveitando esse tempo para uma melhor qualidade

Por Luzia de Sousa

02/06/2016 às 07h41

Zenildo propõe modelo de gestão para Sousa

Com o mercado global ainda mais competitivo e a necessidade de um atendimento público mais eficaz, colaborativo o sousense Zenildo Oliveira presidente do diretório do PSD na cidade e pré-candidato a prefeito vem desenvolvendo novas ferramentas de gerenciamento, que torne a administração pública da cidade mais eficaz e com menos desperdício. Em sua recente viajem a trabalho ao Japão a convite da diretoria da Honda o sousense pode conhecer de perto as mais recentes novidades mundiais sobre novas práticas de gestão publica.

Diante do cenário atual em Sousa, onde se observa uma saúde pública defasada e ineficaz, situação essa que se repete pela educação, mobilidade urbana, agricultura e outras áreas da administração municipal, Zenildo propõe uma gestão enxuta, mas eficaz que elimine o desperdício e as falhas no atendimento público, como o auxílio para alcançar resultados, eliminando processos e serviços que não agregam valor ao setor público a exemplo o excesso de apadrinhados políticos sem concurso.

Esse sistema parte da sistemática de que o setor público não deve adquirir bens ou matérias mais do que o necessário para seu pleno funcionamento, evitando assim a perda de bens estocados, sejam remédios, bens alimentícios. Mantendo um gerenciamento de estoque da prefeitura sempre adequado a suas necessidades. Nas reuniões que teve no Japão onde pode juntamente com o presidente da Honda no Brasil Issao Mizoguchi, o presidente da HSF Honda no Brasil Tomaioze, o representante da empresa para o Brasil e América, bem como o vice-presidente mundial da empresa ouve segundo Zenildo uma troca de culturas e modelos de gestão.

Diminuir o tempo de espera para um atendimento público, aproveitando esse tempo para uma melhor qualidade deste atendimento, também faz parte das metas de Zenildo para a cidade. Isso se faz segundo o pessedista com a constante qualificação dos servidores e a implantação de equipamentos modernos.

O pré-candidato a prefeito defende a implantação na cidade de um mapeamento do fluxo de eficiência dos serviços prestados, com um Takt time que é definido como o ritmo do atendimento necessário para atender a uma determinada demanda. “É preciso saber quanto tempo um paciente perde na fila e como diminuir esse tempo o transferindo para a consulta em si. E isso se dá com a aplicação de e métodos, que resultarão em um ambiente agradável e seguro.”

Zenildo pretende aplicar na prefeitura o processo já testado com eficiência em diversas cidades do mundo dos ‘Cinco S (5 s)’: (1 S – Senso de utilização, 2 S Senso de ordenação , 3 S Senso de limpeza , 4 S Senso de saúde e 5 S Senso de autodisciplina). “Temos que ter um sistema público que aperfeiçoe seus recursos em mão de obra e espaço, oferecendo a população um atendimento digno pelos impostos que paga”, finalizou.

Assessoria de comunicação

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires